Recomendo

Máquina de fazer papinha: vale a pena?

As máquinas de fazer papinha – em geral importadas – cozinham os legumes e carnes no vapor e em alguns modelos ainda trituram o alimento. Será que vale a pena?

Depois que a minha caçulinha nasceu, navegando em sites, fóruns, face e afins, descobri que muitas mães estavam trazendo dos EUA uma máquina de fazer papinha. Até então nem sabia que isso existia. Fui atrás de mais informações e achei genial (e você vai saber logo mais porquê). A minha filha iria começar a introdução alimentar em breve e eu, com 2 filhos, comecei a pensar na praticidade que eu precisaria ter. Não gosto muito de congelar comida… acho que perde muito no sabor e na aparência. Queria oferecer comidinha fresquinha para minha filha…

Um amigo viajou para fora e nos trouxe a Beaba babycook Pro. Pesquisei bastante as outras opções antes de escolher essa marca. Comprei na Amazon e pedi para entregarem no endereço que ele estava nos EUA. Ah, na época o dólar não estava esse show de horror.

Beaba Babycook Pro

Essa “maquininha” que eu tenho cozinha os alimentos no vapor em até 20 minutos. Você deposita os legumes cortados na cestinha de cozimento, liga e ela avisa quando está pronto com um alerta sonoro. Já me interessei aí, porque cuidar de panela e de 2 filhos pequenos ao mesmo tempo é uma tarefa difícil, dificílima! Depois de cozidos, se quiser fazer papinha, basta jogar o alimento no copo do processador, que tem uma lâmina onde você controla os impulsos até obter a consistência desejada. Você pode deixar a papinha em pedacinhos ou como purezinho. Para fazer uma papinha mais consistente, você tritura apenas os alimentos que cozinharam. Para fazer uma sopinha ou deixar a papinha mais líquida, você mistura com a água do cozimento (por isso sempre uso água filtrada).

A Beaba babycook Pro também pode descongelar e aquecer as papinhas já prontas. Essa máquina de papinha foi projetada para a gente fazer a papinha com apenas uma mão (total one-handed operation) em todas as operações.

Aí vem a pergunta do título:

Vale a pena o investimento, mesmo depois da fase da papinha?

Sim, muito!! Mesmo com os filhos “crescidos”, uso muito minha máquina de papinha. Uso bastante para cozinhar legumes no vapor sem ter que ficar de olho na panela o tempo todo, e uso também para fazer um purê, complementando o almoço. Já fiz purezinho de frutas e vitaminas também. Uma panela e um mixer tem o mesmo resultado? Sim, mas a máquina de fazer papinha é MUITO mais prática e suja menos louça. E acho menos trambolho do que um liquidificador.

ProcuTalu Adjuto personal shopperrei a personal shopper Taluana Adjuto, que vive em Miami, para falar sobre as máquinas de papinha lá fora. Ela oferece consultoria para montar o enxoval de bebê, montando o roteiro de lojas e acompanhando as clientes de acordo com seu lifestyle, que pode ter perfil mais econômico ou luxo (aaaaaaaai que vontade!!). Taluana afirma que a procura por este produto tem crescido entre as clientes brasileiras. “As máquinas de fazer papinha são práticas e indicadas para as mamães que não querem misturar os afazeres culinários da casa com os do bebê. Elas também deixam a consistência da papinha adequada para o bebê mantendo os nutrientes”, diz.

Segundo a personal shopper, entre as máquinas mais famosas estão a Beaba Babycook, Baby Breeza Elite e o Baby Bullet Food System. “Os preços podem variar de U$59,99 para mais de U$100 dependendo do modelo e marca do produto”, completa.


Atualização 26-09-2018

No Brasil agora tem o processador de alimento 2 em 1 da Fisher Price que cozinha e processa em um único recipiente em 15 minutos – ou seja: é uma máquina de fazer papinha. Já vi à venda nos principais  e-commerce do país, como Americanas.comSubmarino .

Clique para ver o produto na Americanas.com

 

E você, também tem uma maquininha de papinha? Me conte a sua experiência! Quero saber como as outras funcionam também!

Leia também:

Produtos de farmácia nos EUA para crianças que valem a pena comprar

Deixe seu comentário!