Casa & Festas

Casamento: levar ou não as crianças?

Que a nossa vida social se desintegra nos primeiros anos da maternidade, isso não é novidade para ninguém! Pra mim, sair à noite é tão raro que, quando isso acontece, torna-se O evento. Não temos babá ou uma ajudante, e nossos familiares mais próximos têm certas limitações, então preferimos acioná-los quando a saída é especial, para não corrermos o risco de abusar.

Aí você recebe um convite de casamento de um familiar, um amigo, uma colega de trabalho… E a pergunta é:

e aí, levo ou não levo as crianças para o casamento?

Levando em consideração que você tem com quem deixar o(a) filho(a) (porque se não tiver essa opção, o caso está resolvido: leve! Ou não vá!), pense no seguinte:

– Qual o horário da festa?

– É um RN? (Não leve!) Bebê? Criança?

– O casamento é de alguém da família próximo ao seu(sua) filho(a)?

– Você está a fim de curtir/ beber/ dançar na festa de casamento?

– Haverá outras crianças no casamento?

Tudo isso deve ser pensado e planejado. Existem bebês que ficam super OK quando mudam a rotina de horários, assim como outros que ficam extremamente irritados quando alteramos sua rotininha de sono e alimentação.

Quando as crianças estão maiores, fica um pouco mais fácil levar em festas e eventos, como um casamento. Porém, embora os mais velhos sejam mais adaptáveis às mudanças de horários e rotinas, também precisa levar em conta que eles podem se cansar e ficar entediados sim! E aí já viu, né, criança entendiada e pais querendo aproveitar uma festa é algo que não combina! Um dos lados vai se estressar…

Casamento com espaço kids? Sim, existe!!

Nunca fui a um casamento que contasse com um recreador para crianças, mas adorei a ideia do Start Arte, que levou o Cantinho Wedding Kids para a 16ª edição do Casar, evento de casamento mais sofisticado do país, no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo.

START - CantinhoWeddingKids7

Especializado em projetos para o público infantil, o Start Arte oferece o serviço que atende convidados mirins em festas de casamento, de 3 a 11 anos, seja no salão de festa, na chácara, no restaurante, em um jardim ou em outro local.  “Todos aproveitam o evento! Os pais ficam com os amigos no salão e os filhos interagem com outras crianças em nosso cantinho,” afirma Priscilla Credidio, diretora artística do Start Arte.

O espaço montado para as crianças é discreto e bem charmoso – afinal, o grande dia é dos noivos e uma festa de casamento não pode ser confundida com um evento infantil. A programação traz oficinas artísticas, contação  de história, jogos de tabuleiro e recreativos, além de brinquedos educativos, TV, DVD e Xbox One.

Para facilitar a comunicação, cada família recebe um pager com o número da pulseira de identificação do filho. Caso o pequeno necessite do suporte da mãe ou do pai, o aparelho é acionado

Para facilitar a comunicação, cada família recebe um pager com o número da pulseira de identificação do filho. Caso o pequeno necessite do suporte
da mãe ou do pai, o aparelho é acionado

Tudo o que facilita a nossa vida de mãe tem o meu respeito :). Amei a proposta, espero que vire tendência! Claro que, em uma festa de casamento, os gastos são tantos que muitos outros detalhes têm uma prioridade maior… Mas não deixa de ser uma delicadeza oferecer esse tipo de serviço para os convidados que são pais! <3

Serviço:

http://www.startarte.com.br/cantinho-wedding-kids

Deixe seu comentário!