Nordeste

Como é a visita às piscinas naturais em São Miguel dos Milagres

Se existe um passeio simplesmente imperdível para quem vai a Maceió ou para as outras praias do litoral alagoano, com certeza é a visita às piscinas naturais! As piscinas naturais se formam na maré baixa nos bancos de areia onde se formam verdadeiras piscininhas de águas cristalinas perto dos recifes de corais. 

Estivemos em São Miguel dos Milagres, na Rota Ecológica, e foi o primeiro passeio que agendei para fazer! Vou te contar tudo!!

Leia também os outros posts: 

Roteiro São Miguel dos Milagres

Onde ficar em São Miguel dos Milagres (com review de hotel)

Checar a tábua das marés antes de marcar a viagem

O passeio de jangada até as piscinas naturais só acontece na maré baixa. A maré é considerada baixa quando tem entre 0.0m e 0.6m de altura. Você pode checar a tábua de marés aqui: https://www.climatempo.com.br/tabua-de-mares

O passeio pode ser agendado com o hotel/ pousada que você estiver hospedado ou até mesmo diretamente na Associação dos Jangadeiros, que fica na Praia do Toque.

Nos hospedamos no Angá Hotel e o passeio às piscinas naturais foi agendado na agência que fica dentro do próprio hotel. Isso nos facilitou muito!

Como o que vai definir o horário da visita às piscinas naturais é o horário da maré baixa, agende este assim que chegar e programe as outras atividades depois. 

Como é o passeio e o que levar

Nós fomos visitar as Piscinas Naturais do Toque. Fomos caminhando pelo mar, que estava bem rasinho, até a jangada que já nos aguardava. Lá o guia nos deu algumas recomendações:

  • Não usar protetor solar, pois a composição é super prejudicial aos corais. Eu já sabia disso e levei para as crianças camisetas de lycra com proteção UV, além de bonés.
Compre camisetas adulto e infantil com proteção UV na loja online UV.Line 
  • É expressamente proibido encostar (ou pisar) nos corais, pois quanto menor a intervenção do homem, melhor para a preservação desta que é a segunda maior costa de corais do mundo

Também levei toalha para as crianças e água mineral! O trajeto até as piscinas do Toque levou 15 minutos apenas. Havia colete salva vidas para as crianças e eles usaram durante o percurso (fiz questão de perguntar e checar antes de sair). 

Para a Alice (5 anos) levei a bóia de braço que ela está acostumada a usar para ela nadar – apesar da jangada ter o colete salva vidas. Para ela não estava tão rasinho e bem pertinho dos corais não dava pé pra ela.

Chegando lá, a cor da água impressiona mesmo de tão cristalina que é. Parecia estar vivendo um sonho!! Descemos da jangada e nos misturamos aos outros turistas que ali estavam para contemplar tanta beleza. Basta chegar perto dos corais, afundar e já ver os peixinhos.

Leve snorkel e máscara para ver tantos peixinhos coloridos que nadam junto aos recifes! É lindo! Para as crianças levei os óculos deles de natação e funcionou super bem! Como nosso jangadeiro não tinha máscara para emprestar, aluguei de um outro por R$ 10! 

Nossos pertences puderam ficar na jangada enquanto estávamos no mar.

As tais das fotos instagramáveis

Havia alguns fotógrafos abordando os turistas ali mesmo para tirar fotos “instagramáveis” com uma GoPro e um acessório chamado Dome. As fotos ficam lindas, pois o dome faz com que a imagens embaixo d’água e fora dela fiquem super nítidas no mesmo retrato. Aliás, esse é meu sonho de consumo!!

Vou ser bem sincera com vocês: eu tentei tirar uma foto dessa, mas tinha uma fila tão grande para fazer essa foto, que pensei: eu tô aqui, no meio das piscinas naturais de São Miguel dos Milagres, parada, esperando para tirar uma foto (que chega a ser até meio fake, pois o fotógrafo joga ração para atrair os peixes para saírem na foto)! Caí em mim, desisti dessa fila e fui aproveitar o que aquele lugar tinha para oferecer de melhor: a contemplação!

Mas é claro que eu tirei muitas fotos lá com meu próprio celular! Levei aquelas capinhas de plástico para tirar foto embaixo d’água e ficaram ótimas para meu registro!!

Hora de ir embora

Depois de mais ou menos 1h/ 1h30 (não parece que ficamos esse tempo todo, juro, passa muito rápido), o jangadeiro nos avisa que é hora de voltar! Que pena, ficaria um tempão ali curtindo aquela piscinininha. Mas valeu muito!!

Ah, quando conhecemos a Praia do Patacho, no município vizinho Porto de Pedras, nos contaram que quando a maré fica muito baixa, o mar praticamente seca e você consegue ir à pé até as piscinas naturais! Não é o máximo?! 

O Hurb está com pacote para São Miguel dos Milagres com passagens aéreas + hospedagem por R$ 999! Aproveite a chance clicando neste link!

No canal IGTV do Todas as Mães em Viagem tem um vídeozinho sobre o nosso passeio às piscinas naturais, assista aqui:

 

Deixe seu comentário!