Casa & Decoração

Como armazenar as lembranças da infância dos seus filhos

Você tem o costume de guardar os objetos e recordações mais especiais da infância dos seus filhos? Como você faz?

foto: pexels.com

Aqui em casa tenho uma caixa de lembranças, uma para cada filho, onde guardo as principais recordações deles, desde que nasceram. Lá eu guardo as pulseirinhas da maternidade, a primeira meia que usaram, o convitinho do primeiro aniversário, a vela do batizado e até uma carta de recomendações que deixei para a minha sogra, quando ela ficou na minha casa cuidando do meus filho mais velho enquanto eu estava na maternidade tendo a Alice!

São tantas as memórias afetivas que a gente precisa até se organizar um pouco para não perder.

Quantos vídeos engraçados das crianças a gente não acaba se esquecendo e perdendo na nuvem? Quantas fotos lindas que a gente não se lembra mais aonde está? Sempre tenho essa preocupação, acho que as fotos deles são um tesouro imensurável! Então procuro baixar as fotos e os vídeos em um HD externo e organizá-los por ano e depois por evento se for o caso (ex. festa junina, viagem, férias, aniversários etc). Assim, quando quisermos buscar o arquivo em questão fica muito mais fácil! Também faço backup online para não correr o risco de perder tudo.

E quanto aos desenhos e artes? Tenho uma pasta onde guardo os desenhos mais significativos feitos em casa, assim como os primeiros esboços de palavrinhas (inclusive a primeira vez que escreveram o próprio nome) e as cartinhas para o Papai Noel. Quero fazer também um caderno para registrar as pérolas que eles falam no dia a dia… A gente morre de rir na hora, mas depois acaba se esquecendo. Imaginem daqui uns anos lendo essas pérolas das crianças? Com certeza rende umas boas risadas!

Quanto aos trabalhos da escola, ainda não consegui me organizar, pois geralmente são muitos e ainda não tive coragem de me desfazer de nenhum! Já li dicas para tirar foto de todos e guardar apenas os principais trabalhinhos. Mas como decidir quais são os principais, né? Se alguém tiver uma dica, por favor, me conte!

Casa & Decoração

Decoração de quartos dos filhos: que itens são essenciais?

  • Esse é um guest post do Portal Chaves na Mão

Acompanhe dicas para dar um toque especial em sua casa e não desperdiçar dinheiro com isto!

como decorar quarto de menina

imagem: Pixabay

Quem tem criança em casa sabe como eles crescem e se desenvolvem rápido. E coloca rápido nisso! E para acompanhar todas as mudanças de gostos e comportamento é essencial que a criança tenha o seu próprio espaço em uma casa. Por isso, um quarto que reúna conforto, segurança e funcionalidade, é importante nesta fase de desenvolvimento e para manter a boa rotina e convivência na casa.

Pensando em acomodar melhor todos os membros da família da melhor forma possível, muitas famílias saem em busca de aluguel de casas em Curitiba. Afinal, as casas contam com vários cômodos, muitas com espaços externos como jardins, quintal e espaço para a criançada brincar. Já quem busca os apartamentos, quer tudo isso sem abrir mão da segurança que um condomínio oferece.

Tendo o espaço definido, não importa se você tem um, dois, três filhos ou até mais. Basta usar a criatividade e não se esquecer de alguns itens essenciais para o quarto das crianças em todas as fases de crescimento. Confira as nossas dicas e prepare-se para colocá-las em prática.

Quarto do bebê

A prioridade no quarto de um bebê é a segurança e a funcionalidade. Para garantir a segurança da criança, a distância entre as grades do berço, deve ter no mínimo 4,5 cm e no máximo 6,5 cm, essa medida evita que a cabecinha, ombros ou mãos do bebê possam ficar presas. Se houver rodinhas no móvel, pelo menos duas delas têm que ser fixas ou conter travas. O espaço entre o estrado e a lateral do berço também não deve ultrapassar 2,5 cm, e o espaço entre as ripas do estrado tem que ser de, no máximo, 6 cm, evitando também que braços e pernas possam ficar presos. Se alguma das partes do berço for feita de tela, os buracos têm que ter no máximo 7 mm, para não haver chance de os dedos do bebê passarem por eles.

Ao planejar a decoração deste ambiente, é legal pensar naqueles móveis que geralmente serão herdados, afinal sempre tem aquela amiga, prima ou irmã que teve filho recentemente e tem várias coisas que não usa mais. E dá para aproveitar tudo sim! Depois disso, veja o que realmente irá precisar comprar. Berço, trocador, enfeites, cortinas, cômodas, guarda-roupas, poltrona de amamentação, enfim há uma infinidade de coisas para mobiliar o quarto do bebê, mas leve em conta o espaço que você tem para que fique um ambiente confortável e de fácil acesso. O quarto do bebê precisa ser arejado e calmo, por isso as cores claras e tons pastéis são perfeitas porque sempre remetem tranquilidade ao ambiente.

Quarto de menina

Para as meninas de modo geral, a dica é partir para uma decoração mais clean, com paredes e móveis claros. Prefira branco, porque branco combina com tudo e com isso é possível abusar das cores nos objetos de decoração como tapetes, pufes, almofadas, colchas, cortinas e abajur.  Assim, quando a menina enjoar fica fácil renovar os elementos.

Colocar adesivos na parede é uma solução simples, barata e muito criativa para decorar o quarto de menina sem que seja necessário realizar grandes mudanças e sem bagunça.

Quarto do menino

Conforme o menino cresce o comportamento e as preferências também mudam, ou seja, aquele super-herói que era febre, agora é passado. Para tentar acompanhar todas essas mudanças algumas dicas simples e práticas são perfeitas para deixar o quarto do menino sempre atual.

A aplicação de papéis de parede, por exemplo, é perfeita para dar uma repaginada no ambiente sem gastar muito. Além disso, colchas, almofadas, pufes também são elementos fáceis de encontrar e em conta, se comparado a uma reforma total. Os adesivos de parede também são ótimos para dar outra cara ao ambiente e, além disso, são fáceis de instalar.

As cortinas ou persianas também completam a composição do quarto do menino. Já os blackouts garantem um quarto escurinho para um sono tranquilo. Os quartos com televisão instalada ao lado da janela também precisam de uma opção que bloqueie a entrada de luz, para não atrapalhar enquanto o menino o assiste a seu programa preferido ou joga videogame.

Nesta fase, uma bicama de solteiro com gavetas pode ser um modelo que caia perfeitamente com o estilo do menino. Afinal, é mais uma cama para receber os amiguinhos que vão pousar na sua casa no final de semana. Já os gavetões são perfeitos para acomodar toda a bagunça da molecada.

Adolescente

O quarto de um adolescente é um ambiente que merece atenção na hora da decoração, afinal, não é mais um quarto infantil, mas está longe de ser local para adulto.

Nas paredes cabe uma composição de espelhos ou papéis de parede. Os nichos também incrementam e otimizando os espaços do quarto em tamanho pequeno. Você também pode usar cores mais vivas como amarelo, azul, marrom, verde, cinza, preto, vermelho, laranja e muito mais, sim, para quarto do adolescente também vale usar marrom e preto! Basta apenas identificar o gosto do jovem para compor a decoração exatamente de acordo com o que ele gosta.

Os jovens são exigentes e gostam de ter um quarto com a cara deles. Afinal será o local onde vão receber os amigos e passar boa parte do tempo, seja na internet ou ouvindo música. Por isso, um canto para receber amigos com pufes, pode ser perfeito para compor o quarto de um jovem.

Móveis práticos e funcionais é uma boa ideia para aqueles que têm uma rotina agitada. As peças multiuso funcionam muito bem nessa situação, por exemplo: camas baixas com futons, mobiliários com rodinhas, baús e gaveteiros para guardar objetos e outros. Uma escrivaninha também é um objeto essencial para estudar e usar o computador.

Uma cortina ou persiana, por exemplo, tornará a área charmosa, o tapete serve para proteger os pés do piso frio. As colchas e almofadas deixam o quarto mais aconchegante e acolhedor.

Explore elementos que possam ser customizados por elas mesmos e dão o toque pessoal e criativo ao ambiente, como painel com fotos ou painéis com imagens temáticas do mundo do adolescente.

Percebeu que a sua casa está pequena e que está na hora de mudar? Confira as opções de imóveis em Curitiba e encontre o lar ideal para você e sua família.

  • Guest Post do Portal Chaves na Mão
Casa & Decoração

Upcycling: faça um vasinho de flores usando garrafa de plástico

Você já ouviu falar em upcycling? Hoje, dia 05 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, que tal aprender a fazer um vasinho suspenso com garrafa de plástico?

Você sabia que uma garrafa PET precisa de mais de 200 anos para se decompor?! A poluição plástica é o tema do Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano. De acordo com a ONU Meio Ambiente, se esse problema não for solucionado poderemos ter mais plástico do que peixes nos oceanos até 2050! Assustador, né?

Qual a nossa parte? O ideal é reduzir a produção e evitar o consumo excessivo! Infelizmente alguns produtos só chegam até nós em embalagens plásticas, como é o caso da garrafa PET. Vamos cortar das nossas vidas o plástico excessivo?

Aqui em casa, além de separar o lixo reciclável, utilizamos o Upcycling e demos uma nova vida à garrafa de plástico (que na verdade já seria levada para a reciclagem).

O que é upcycling

Upcycling nada mais é que achar uma nova função de um material ou objeto que seria jogado no lixo. Não é o mesmo que reciclagem, embora ambos tenham o mesmo objetivo de ajudar o planeta. No upcycling damos uma nova vida ao objeto sem que esse material tenha que passar por nenhum outro processo (químico, em geral).

Por exemplo: uma lata de leite transformada em porta lápis é upcycling! Uma latinha que será levada para a fábrica para ser prensada junto com outras embalagens de alumínio e voltar para o mercado em uma nova forma é reciclagem. Ambas práticas são importantíssimas para o meio ambiente.

Aqui em casa usamos as garrafas de plástico e transformamos em vasinhos. Foi uma atividade super gostosa para se fazer em família e ainda tive a chance de conversar um pouco mais sobre sustentabilidade com as crianças. Por que jogar fora a garrafa de água ou leite se podemos dar uma nova função a ela? Tudo bem que já temos o costume de separar o lixo para levar separadamente para a reciclagem, mas ainda assim é importante mostrar como o lixo em casa pode ganhar uma nova vida! E que vida, né?

Usamos:

Garrafa de plástico de 1 litro (usei de água e de leite)

Para cortar a garrafa de plástico, esquentei a ponta da faca na chama do fogão, pois fica mais fácil de correr pelo plástico (poderia usar o estilete também). Depois terminei o corte com uma tesoura. Notem que deixei um formato irregular. Essa parte mais alta que fará a sustentação do vasinho. Faça dois furos paralelos nesta parte da sustentação. É por lá que passaremos a cordinha que vai segurar o vasinho.

Também faça furos na base do vasinho. É importante para a água escoar quando for regar a plantinha.

O vasinho está pronto! Aqui as crianças usaram tinta guache para a decoração!

Forre o vasinho com argila expandida. Isso ajuda na drenagem da água e evita que as plantinhas sofram com excesso de umidade. Depois jogamos a terra e colocamos a plantinha no vaso. Se preferir podem usar sementinhas e montar uma hortinha.

Nos furos daquela parte mais alta do vaso, passei uma cordinha e o amarrei no tronco da árvore que fica na frente da nossa casa.

Fala-se tanto em sustentabilidade, mas nem sempre sabemos o que deve ser feito. Práticas super comuns no nosso dia a dia, como esse de dar uma nova vida a um objeto que iria para o lixo, ajudam bastante os nossos filhos a terem um senso de responsabilidade com o meio ambiente. Afinal, essa é a nossa casa, né?

Você tem o costume de falar sobre sustentabilidade com seus filhos? Quais ações sustentáveis vocês costumam praticar em casa?