Casa e decoração

Adeus inverno: como guardar roupas de frio, mantas e cobertores

Foto: pexels

Foto: pexels

O inverno foi embora, dando lugar à amada primavera. E o calorzinho (que logo mais será calorão) já está dando as caras, pelo menos aqui em São Paulo.

Oba, então sabe o que já podemos fazer? Tirar de circulação as mantas, os cobertores e as roupas de frio! Vamos guardar tudo, gente! E que venham os tecidos leves, os vestidinhos e os biquinis! Eu sempre faço esse rodízio de roupas na troca de estação porque não tenho muito espaço no meu guarda-roupa e nem no das crianças. E vamos combinar que roupa de frio ocupa muuuito espaço, né?

Mas antes de tudo, LAVE todas as roupas que irá guardar. Por que?

Conversei com Ricardo Monteiro, Gerente Operacional da Quality Lavanderia e ele explicou tudo:

Porque ao utilizar as roupas durante o inverno, elas adquirirem vários tipos de sujeiras (pó, poeira, poluição, migalhas de alimentos, açúcares, etc) que atraem traças e acabam também tendo uma proliferação acentuada de ácaros, os quais vão se multiplicar ainda mais se não lavarmos”.

lavar roupas

Também conversei com a Carla Picoli, personal organizer, que deu várias dicas de quais as melhores formas de armazenar esse monte de roupa! “Na hora de guardar, vá para a parte mais alta dos seus armários, em maleiros ou em espaços sem uso. O importante é abrir espaço nas partes mais baixas para peças em uso na atual estação”, afirma.

1.    Categorize as peças como, casados de lã grossos, os mais finos, moletons, jaquetas, cobertores, mantas e edredons. Uma dica é deixar para fora algumas blusas de meia estação, para uma leve mudança de tempo ou mesmo algum imprevisto.

roupas de la

2.    Guarde em bags de TNT, organza ou a vácuo. Nunca em plásticos, eles abafam e danificam suas peças. As roupas precisam respirar, por isso é importante ser de tecido e não só plástico.

3.    Os sacos a vácuo são ótimos para quem quer mais espaços, é só seguir as instruções corretas de uso do fabricante e você terá mais espaços pois o volume é bem menor depois de comprimido. Esses sacos você encontra em hipermercados e em vários tamanhos.

4.    Use anti-mofos dentro das embalagens (você encontra em supermercados) ou você pode usar os cuidados caseiros: coloque em saquinhos de organza “giz” branco, aquele de quadro negro. Ele absorve a umidade dentro das embalagens.

5.    Folhas de louro dentro das embalagens afastam aqueles indesejáveis bichinhos. Os ácaros, os fungos, os mofos e as traças gostam de lugares abafados, escuros e úmidos.

6.    No final identifique com adesivos cada embalagem para, caso precisar de alguma peça, já saber em qual pegar. Caso você queira guardar por pessoa coloque o nome, fica bacana também. As peças delicadas, mais finas ou com aplicações e bordados você pode usar um pedaço de TNT entre as peças, evitando contato entre elas.

7.     Falando das jaquetas, principalmente as de couro e sintéticos, jamais guarde-os dobrados e embalados, mantenha-os sempre pendurados em cabides, se possível use capas em TNT para protegê-los da poeira.

Casa e decoração

Diário de pintura: quarto de criança e half painted wall

No mês passado resolvemos pintar a casa e ajeitar o quarto das crianças (eles dividem o cômodo). A Alice, de 3 anos, não tinha cama… O berço, herdado do irmão (agora com 5 anos), havia se transformado em mini cama pela segunda vez e quebrado em poucos meses de uso. Por isso ela estava dormindo no colchão do berço que ficava no chão mesmo. O problema é que não existia um lugar específico para o colchãozinho dela. Ficava encostado na parede durante o dia e na hora de dormir, ajeitávamos a “caminha”.

Essa situação se prolongou por bastante tempo porque DORMIR, DORMIR, ninguém dormia na sua própria cama. Ia todo mundo para a minha cama. OK, adoro cama compartilhada e realmente não vejo problema nenhum em ter meus filhos dormindo conosco. Mas a Alice precisava sim de um cantinho dela, de uma caminha pra chamar de sua. Além disso, a cama do Teodoro era infantil e já estava pequena para ele. Também queria tirar a cara de quarto de bebê.

Então esse foi o pontapé inicial para dar uma rejuvenescida no quarto deles na casa! Foi preciso um pouco de planejamento, pois é um processo caro (tinta e mãos de obra), além de deixar a casa numa bagunça gigante!

O quarto das crianças foi um pouco mais complicado, pois receberia uma cama nova (falta de espaço) e eu teria que criar uma decoração que agradasse tanto à Alice quanto ao Teodoro. A pouca diferença de idade deles (2 anos) ajudou muito. Pesquisei bastante, estudei o cômodo, conversei com as crianças e acabamos optando por colocar uma beliche no quarto. Desta forma sobraria mais espaço de circulação livre e para as brincadeiras.

Aqui em casa nós amamos cores! Acho que desde sempre tenho paredes coloridas. No meu primeiro apê solo eu tinha uma parede na sala de cor laranja maravilhosa! Eu simplesmente não consigo pintar tudo de branco… É mais forte do que eu! E aí, como a coisa mais óbvia do mundo, perguntei a eles que cor eles queriam pintar o quarto. Como era de se esperar, cada um escolheu uma cor. A Alice de imediato respondeu que queria uma parede rosa e o Teodoro escolheu a cor amarela. Importante: ele não só escolheu a cor amarela, como a tonalidade! Entreguei-lhe a cartela de cores e ele escolheu “Sol Brilhante”. O rosa é o “Rosa Valentim”, ambas da Coral.

>> 10 quartos temáticos e divertidos para as crianças <<

Então estava decidido! Uma parede colorida, sendo da metade pra baixo na cor rosa e da metade pra cima da cor amarela, tendo a beliche como o divisor. Ia ficar legal? Não sei! Como disse no Instagram na época, apesar de eu gostar muito das cores rosa e amarela, EU não teria feito essa combinação de tons. Mas o importante era que os dois estavam muito felizes, cada um com a sua parede colorida, cada um com o seu cantinho.

half painted wall rosa e amarelo

E pesquisando no Pinterest, acabei descobrindo que pintar a parede assim, pela metade, é super moderninho (rs)! Chama-se Half Painted Wall (parede pintada pela metade). Achei muitas imagens de Half Painted Wal que realmente ficaram muito bacanas e dão uma graça ao ambiente.

O resultado final das paredes amarela e rosa ficou lindo! Eu amei, achei que ficou alegre e jovial! E o mais importante – as crianças também adoraram! Dividir a cor das paredes e colocar uma beliche foi uma ótima alternativa para o quarto compartilhado entre menino e menina!

half painted wall

A beliche é da Tok Stok e o organizador de brinquedos também. O tapete de borracha já tínhamos.

>> Dicas para organizar bichos de pelúcia <<

Abaixo, uma galeria com fotos de paredes pintadas no estilo half painted wall, que cai bem em qualquer cômodo da casa! Também tem mais imagens inspiradoras no perfil do Todas as Mães do Pinterest!

Clique nas imagens abaixo para visualizar as fotos com melhor resolução!

Em breve soltarei um post contando como foi a transformação do cantinho de estudos das crianças! Sim, tem parede colorida também (óbvio) e muito charme! 🙂

Casa & Festas

12 cabanas e casas na árvore que você vai querer morar

Que atire a primeira pedra quem nunca sonhou em ter uma casa na árvore e fazer o seu próprio clubinho das crianças! Eu sempre quis ter uma no quintal e, ainda hoje, babo quando vejo uma casinha ou cabaninha.

E “casinha” é modo de dizer, né? Porque encontrei cada casa moderna liiinda para as crianças se divertirem (e por quê não, o adultos?)

Todas as imagens foram retiradas do Pinterest. Para ver o meu perfil, clique aqui.

Clique nas fotos abaixo para visualizar melhor as imagens.