Faça você mesmo

Idéias para armazenar as fotos ou decorar com as recordações das férias!

As férias acabaram! E agora, o que fazer com as 5.987.374 fotos que vocês tiraram pelo celular durante esse período?

Para mim, nossas fotos (seja de viagens ou momentos rotineiros) são um tesouro muito importante, considero a minha riqueza!! Por isso cuido muito bem dessas recordações que nos remetem à lembranças tão boas da família!

Você pode salvar no Pinterest e ler depois:

lembrancas de viagens

Melhor aplicativo

A primeira dica para quem tira fotos pelo celular é instalar o aplicativo Google Fotos. A configuração é super fácil, usa a sua conta Google e você consegue fazer a sincronização das fotos e vídeos que estão no seu celular mandando tudo para a nuvem. Lá, elas ficarão armazenadas e podem ser acessadas por você a qualquer momento, tanto pelo site quanto pelo aplicativo. 

Essa sincronização até pouco tempo era automática… ou seja, todas as fotos que você tirava, iam diretamente para a nuvem do Google Fotos dependendo da sua conexão escolhida. Recentemente foi divulgado que a sincronização agora será manual. Ou seja, você precisa entrar no aplicativo para fazer o backup. Mas tudo bem, é muito simples.

Aí quando o seu smartphone estiver cheio, pode apagar as fotos da memória depois que esse backup para o Google Fotos estiver feito. 

Outra coisa legal que gosto nesse aplicativo é que ele usa a inteligência Google, né? Então na hora de acessar uma foto no Google Fotos (mesmo que já tenha apagado do seu celular), que estará organizada por ordem cronológica, você pode fazer uma busca também por lugares, pessoas etc. Isso, pessoas! O aplicativo identifica os rostos iguais e você só dá o nome. Então, por exemplo, quero buscar uma foto do Teodoro. Basta digitar Teodoro que o app vai relacionar todas as fotos que estão lá na nuvem e que aparecem o rosto dele. Não é demais?

Ah, mas eu quero resgatar uma foto da viagem em Atibaia, mas não me lembro a data. Basta digitar Atibaia. Putz, tô querendo agora resgatar todas as fotos que já tirei de avião. Digite avião e as suas fotos de avião serão relacionadas. Aí se quiser, é só baixar a foto novamente para o seu celular ou desktop. 

Digitei “avião” na busca dentro do meu Google Fotos e…

Eu realmente não sei viver sem o Google Fotos! Sem dúvida é meu aplicativo preferido!!

O bom e velho álbum de fotos

Para quem não abre mão de um álbum de fotos impresso, o que acho demais também, a dica é investir em um fotolivro. Você mesmo consegue fazer, não precisa encomendar para ninguém (mas se quiser, encomende comigo hehehe, faço para você). 

Gosto e uso há bastante tempo o Digipix (www.digipix.com.br). Funciona assim: ou você monta o álbum online ou baixa o programa D-Book em seu computador. Baixei o programa e vou montando aos poucos, sem estar online. Depois de pronto, basta seguir as instruções para concluir o projeto e ele vai gerar um arquivo “master”. Mando imprimir o álbum no site Fotoregistro (www.fotoregistro.com.br), mas no site da Digipix indicam vários lugares para imprimir. Aí é só fazer upload do arquivo na loja e pronto, o resto funciona como uma compra virtual.

Alguns dos nossos álbuns de viagens

Exige um pouco de tempo e dedicação, mas o resultado é uma lembrança que vai ficar para sempre e você revê a qualquer hora (melhor do que ficar repassando na tela os mil cliques tirados rs). Eu já fiz álbuns de viagens grandes (tipo Canadá, Disney etc) mas também já fiz álbuns do ano (ex. 2018), onde reuni as melhores fotos do cotidiano e viagens pequenas. 

Isso sem falar que as crianças amam rever as fotos de viagens!

Tickets e mapas

Tá e o que fazer com aqueles cacarecos (que sei que muitos não tem coragem de jogar fora) depois de uma viagem: mapas, tickets, folders e pequenos objetos? 

Eu já tinha visto no Pinterest e me apaixonei por esse tipo de lembrança decorativa: chama-se “travel box memory” ou em bom português “caixa de memórias de viagem”. A ideia consiste em você montar um quadro decorativo com as lembranças da sua viagem e pendurar na parede. 

Também dá para fazer esse tipo de arte decorativa em potes de vidro que ficam um charme! No perfil do Pinterest eu montei uma pasta chamada “Lembranças de Viagem”, onde você pode ver várias ideias e fazer a sua travel box memory em casa. 

Eu já fiz três box memory e amei o resultado! Os quadrinhos de madeira que são no estilo caixa eu comprei na Zôdio, em São Paulo. 

Lembranças do Canadá: mapas, tickets e até caneta de urso

Lembranças da Disney: fotos, magic band e recordações das princesas

Lembranças da viagem ao Uruguai, com mapas, ticket da Casa Pueblo, voucher do cassino em Punta e até as conchinhas da praia

Até estou montando uma parede só de recordações de viagens. Olha como está ficando:

O cantinho das lembranças de viagem na minha casa

E para decorar ainda mais essa parede de “férias”, estou namorando um cofre para pendurar que vi na Imaginarium. Não é fofo demais esse quadrinho? E ainda serve para juntar uma graninha extra para as próximas viagens!

Quadrinho cofre para as próximas viagens! Em breve na minha parede 😉

Casa & Decoração

Upcycling: faça um vasinho de flores usando garrafa de plástico

Você já ouviu falar em upcycling? Hoje, dia 05 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, que tal aprender a fazer um vasinho suspenso com garrafa de plástico?

Você sabia que uma garrafa PET precisa de mais de 200 anos para se decompor?! A poluição plástica é o tema do Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano. De acordo com a ONU Meio Ambiente, se esse problema não for solucionado poderemos ter mais plástico do que peixes nos oceanos até 2050! Assustador, né?

Qual a nossa parte? O ideal é reduzir a produção e evitar o consumo excessivo! Infelizmente alguns produtos só chegam até nós em embalagens plásticas, como é o caso da garrafa PET. Vamos cortar das nossas vidas o plástico excessivo?

Aqui em casa, além de separar o lixo reciclável, utilizamos o Upcycling e demos uma nova vida à garrafa de plástico (que na verdade já seria levada para a reciclagem).

O que é upcycling

Upcycling nada mais é que achar uma nova função de um material ou objeto que seria jogado no lixo. Não é o mesmo que reciclagem, embora ambos tenham o mesmo objetivo de ajudar o planeta. No upcycling damos uma nova vida ao objeto sem que esse material tenha que passar por nenhum outro processo (químico, em geral).

Por exemplo: uma lata de leite transformada em porta lápis é upcycling! Uma latinha que será levada para a fábrica para ser prensada junto com outras embalagens de alumínio e voltar para o mercado em uma nova forma é reciclagem. Ambas práticas são importantíssimas para o meio ambiente.

Aqui em casa usamos as garrafas de plástico e transformamos em vasinhos. Foi uma atividade super gostosa para se fazer em família e ainda tive a chance de conversar um pouco mais sobre sustentabilidade com as crianças. Por que jogar fora a garrafa de água ou leite se podemos dar uma nova função a ela? Tudo bem que já temos o costume de separar o lixo para levar separadamente para a reciclagem, mas ainda assim é importante mostrar como o lixo em casa pode ganhar uma nova vida! E que vida, né?

Usamos:

Garrafa de plástico de 1 litro (usei de água e de leite)

Para cortar a garrafa de plástico, esquentei a ponta da faca na chama do fogão, pois fica mais fácil de correr pelo plástico (poderia usar o estilete também). Depois terminei o corte com uma tesoura. Notem que deixei um formato irregular. Essa parte mais alta que fará a sustentação do vasinho. Faça dois furos paralelos nesta parte da sustentação. É por lá que passaremos a cordinha que vai segurar o vasinho.

Também faça furos na base do vasinho. É importante para a água escoar quando for regar a plantinha.

O vasinho está pronto! Aqui as crianças usaram tinta guache para a decoração!

Forre o vasinho com argila expandida. Isso ajuda na drenagem da água e evita que as plantinhas sofram com excesso de umidade. Depois jogamos a terra e colocamos a plantinha no vaso. Se preferir podem usar sementinhas e montar uma hortinha.

Nos furos daquela parte mais alta do vaso, passei uma cordinha e o amarrei no tronco da árvore que fica na frente da nossa casa.

Fala-se tanto em sustentabilidade, mas nem sempre sabemos o que deve ser feito. Práticas super comuns no nosso dia a dia, como esse de dar uma nova vida a um objeto que iria para o lixo, ajudam bastante os nossos filhos a terem um senso de responsabilidade com o meio ambiente. Afinal, essa é a nossa casa, né?

Você tem o costume de falar sobre sustentabilidade com seus filhos? Quais ações sustentáveis vocês costumam praticar em casa?