Viagens

Férias no Canadá: alugamos um motorhome para viajar com as crianças!

É isso mesmo que vocês leram! Alugamos um motorhome, que será o nosso lar por 7 dias durante as nossas próximas férias em família! Canadá, aí vamos nós: eu, marido e filhos, de 6 e 4 anos!

A ideia de alugar um motorhome partiu da vontade de percorrer a estrada Icefields Parkway nas Montanhas Rochosas, em Alberta, no Canadá. Essa rodovia tem 230 km de extensão e paisagens deslumbrantes que a fizeram ser conhecida como uma das estradas mais bonitas do mundo! O trajeto, que liga os parques de Banff a Jasper, por si só já é uma atração pela paisagem, mas ao longo do percurso os viajantes têm diversos pontos de paradas com atrativos naturais, como os lagos Lake Louise (que no inverno se transforma em um rinque de patinação), Moraine Lake, a geleira Athabasca Glacier, além de atividades como trilhas, rafting, cachoeiras, passeios de canoas etc.

foto: www.banffinfo.com

Outra grande atração é a possibilidade de avistar ursos, alces e outros animais típicos das regiões alpinas ao longo da viagem. Dizem que quando tiver diversos carros parados na estrada, provavelmente é algum urso que está sendo avistado. Portanto, pare também para apreciar! Mas não é apenas na beira da estrada que a gente pode se deparar com um urso! Estaremos praticamente no meio da floresta o tempo todo e, por isso, os visitantes são orientados a levar consigo o spray bear (#medo) e a tomar algumas precauções, como nunca deixar restos de comida no acampamento, andar em grupo nas trilhas e fazer bastante barulho enquanto estiver caminhando (vale falar alto, bater palmas, cantar, pois na verdade o urso também não quer te encontrar), entre outras medidas que vou conhecer quando chegar.

foto: www.icefieldsparkway.com

Essa viagem poderia ser feita de carro com a opção de hospedagem em hoteis da região ou ainda de trem, mas decidimos alugar um motorhome pela (grande) aventura em família! Eu nem imagino o que nos aguarda, pois nunca fiz nada parecido (a última vez que acampei tinha 18 anos)! Viajar de motorhome é muito mais trabalhoso, pois a gente vai ter que cozinhar o tempo todo (e lavar a louça haha), tem a preocupação com o descarte da água suja (você descarta o esgoto nas dump stations, que podem estar dentro dos campgrounds ou em lugares públicos), é tudo apertadinho, etc. Mas a experiência de dirigir um motorhome pela estrada mais bonita do mundo vai superar qualquer hotel!

Quando ir

Segui a dica de algumas publicações de turismo para pegar o verão no Canadá, tanto pela temperatura agradável quanto pelas paisagens de tirar o fôlego. Nesta época do ano só escurece por volta das 22h na região! Confesso que pensar na hora de colocar as crianças para dormir com esse horário maluco tem me causado certa estranheza hahahaha. Vamos ver como será!

O verão no Canadá é em julho e agosto, altíssima temporada (tipo dezembro e janeiro nas nossas praias), então existe o ônus de os preços estarem bem altos. Tentamos fechar essa viagem para julho, mas os preços estavam insanos de caros e seria totalmente inviável para o nosso bolso. Ainda que agosto seja alta temporada também, os preços caíram bastante e, portanto, optamos por esse período.

foto: icefieldsparkway.com

Aqui cabe um momento desabafo de mãe: o Teodoro está no 1º ano do fundamental, em plena fase de alfabetização. Assim que passou a euforia de fechar a viagem (passagens aéreas e motorhome), bateu um peso na consciência! Meu filho vai perder 2 semanas de aula e com certeza vai atrapalhar o rendimento escolar. Ele ainda não tem lição de casa, então vou levar algumas atividades na mala e tentar criar uma rotininha de leitura/ escrita/ matemática neste período. De qualquer forma, este será o último ano que viajaremos por tanto tempo fora das férias escolares.

O roteiro

Sem dúvidas, das viagens que já fiz, essa foi a mais difícil de planejar o roteiro. Foram muuuitas pesquisas, muitas revistas e blogs para conseguir me situar e encaixar tudo. Tem muito lugar para a gente conhecer! O roteiro básico ficou assim (e agora ainda falta detalhar quais são as atrações imperdíveis em cada ponto):

foto: icefieldsparkway.com

  • Chegada em Calgary, onde ficaremos hospedados em um hotel por 2 noites;
  • Retirada do Motorhome em Calgary (passagem por um supermercado para fazer as compras de mantimentos dos próximos 7 dias)
  • Trajeto Icefields Parkway Banff – Jasper (duração de 7 dias)
  • Retorno para Calgary e devolução do motorhome
  • Embarque de avião para Vancouver, onde ficaremos hospedados em um hotel por 5 noites
  • Volta para o Brasil

P.S. Se tivéssemos mais tempo e dinheiro, ainda faríamos uma rápida ida a Seatlle, que fica a 230 km de Vancouver, em Washington, nos EUA. Dá para ir de carro ou de trem, pela Amtrak.

Alugando o motorhome no Canadá

A pesquisa pelo aluguel do motorhome começou com 5 meses de antecedência e fechei quase 4 meses antes. Porém, descobri que deveria ter feito isso mais cedo, principalmente por se tratar de alta temporada. O ideal, pelos relatos que li na internet, é fazer a reserva com 6 meses de antecedência.

Fiz uma pesquisa pelo site www.motorhomerepublic.com que é uma plataforma de aluguel de motorhome. As principais locadoras são a Cruise Canada e CanaDream. Mas nas minhas pesquisas eram as mais caras também. Aí eu tentei alugar em outras empresas – a Compass e a Real Value – que ofereciam rv (como também são chamados, de Recreational Vehicles) mais em conta. Só que nas duas empresas, mesmo depois de solicitar a reserva pelo site deles e até de passar o número do cartão de crédito, recebi um email informando que aquele modelo escolhido não estava mais disponível devido a grande procura.

Então, em vez de ir direto nas principais Cruise Canada e CanaDream, optei por fazer todo o processo de aluguel pelo Motorhome Trips, uma agência de viagens de brasileiros especializada em aluguel de motorhomes no exterior. Aí tudo ficou mais fácil, pois minhas dúvidas (que eram muitas) foram todas esclarecidas em português e muito rapidamente.

O modelo escolhido para uma família de 4 pessoas: o SVC Super Van Camp da CanaDream

Eu já tinha lido indicação do Motorhome Trips em alguns blogs de famílias viajantes, como o Felipe, o Pequeno Viajante e o blog Viagens que Sonhamos, que inclusive fez esse roteiro recentemente e eu acompanhei tudo pelo instagram da família. A Francine, do blog Viagens que Sonhamos, foi uma querida, me ajudando muito com as dicas dessa viagem! Outro blog de viagem que me inspirei para fazer esse roteiro pelas montanhas rochosas de motorhome foi o Eu Viajo com Meus Filhos.

Campgrounds

Os campgrounds, que são os campings onde vamos estacionar o motorhome para pernoitar, são super comuns por lá! Os campgrounds que ficam dentro dos parques nacionais canadenses podem ser reservados pelo site https://reservation.pc.gc.ca. Também peguei as dicas de baixar o app Overlander para encontrar os campgrounds e de buscar campgrounds da rede KOA, que são bons, mas são um pouco mais afastados dos lugares onde estaremos.

Estou dando preferência por reservar antecipadamente os campgrounds antes da nossa partida, já que estamos indo na alta temporada (diferentemente de hoteis, é muito comum chegar sem reserva nos campgrounds). Alguns que tentei reservar já estão com as vagas esgotadas :/ Planejamento nunca é demais!

Itens extras

Quando a gente aluga o motorhome, existem alguns extras que devem ser levados em consideração na hora de fechar a conta, como o kit conveniência, composto por utensílios de cozinha, roupa de cama e toalhas. Geralmente paga-se um valor de acordo com o número de pessoas. No nosso caso, o valor era de 85 dólares canadenses por pessoa. Optamos por não contratar esse kit conveniência (que ficaria 340 dólares) e economizar comprando esses itens no WalMart! Eu realmente não sei o quanto vamos economizar com essa decisão… A agência que alugamos o motorhome falou que é muito comum as pessoas fazerem isso. Quando voltar, escrevo outro post contando se valeu a pena ou não!

Habilitação

Para dirigir o motorhome no Canadá, basta a carteira de habilitação na categoria B (carro normal) válida. De qualquer forma, nós temos a Permissão Internacional para Dirigir, emitida pelo Detran, e vamos levar.

Celular

Não vamos alugar GPS, preferimos ficar no Waze mesmo e nos mapinhas que pegaremos nos centros para turistas. Mas para a internet funcionar por lá, só contratando pacote de dados, pois wi-fi é inexistente nos parques. Comprei o chip da Easysim, o mesmo que comprei quando fomos para a Disney. O plano de internet é ilimitado. Uma dica: compre o chip com antecedência. Para pegar o valor do frete mais barato, é necessário esperar a entrega em até 15 dias úteis. Fique ligado no instagram da Easysim, todo em português, pois eles fazem várias promoções! Peguei uma promoção de 30% de desconto (vale MUITO, pois o chip não é NADA barato – paguei 58 dólares para ficar conectada por 16 dias, desde o momento que eu sair do avião!).

Seguro saúde

Ainda estou fechando o seguro saúde, mas é imprescindível e não ficará de fora! Aguardem, pois em breve sairá um post sobre a importância do seguro saúde em uma viagem internacional e como escolher a melhor opção! O Teodoro já torceu o pulso enquanto estávamos de férias em Miami e voltou de lá com o braço engessado! Se eu não tivesse um seguro saúde, possivelmente estaria pagando a conta do hospital até hoje!

Bom, gente, esse é o meu primeiro post sobre a viagem de motorhome pelas Montanhas Rochosas no Canadá com a família! Será divertidíssimo, com certeza! Vou contando mais novidades aqui no blog e pelo instagram também, que terá praticamente um reality show dessa viagem hahaha

Leia também:

Quais remédios levar em uma viagem com crianças

Viagem com crianças de avião: o que levar na bagagem de mão?

Férias no Chile: Santiago com crianças

Especial Férias

Saiba tudo sobre a nova atração Hot Wheels no Beto Carrero World

Área temática Hot Wheels conta com 30 mil metros quadrados e inaugura em plenas férias de julho!

Tem novidade para essas férias – e das grandes – no Beto Carrero World, maior parque temático da América Latina e eleito o sétimo melhor do mundo pelo Travellers Choice 2017, prêmio do TripAdvisor. Conforme adiantei para vocês na minha cobertura no início do mês da Mostra Viajar (no perfil do Instagram), no dia 12 de julho o Beto Carrero inaugura uma nova área com o tema Hot Wheels, levando experiências ao vivo para os visitantes! “Esta será a primeira vez que a marca ganha vida em uma atração permanente em grande escala na América do Sul”, afirmou Julie Freeland, diretora sênior da Mattel Global Live Events & Attractions.

hot wheels beto carrero world

Estande do Beto Carrero World na Mostra Viajar, que ocorreu no início de junho, adiantando a novidade que vinha por aí!

São mais de 30 mil metros quadrados em uma área temática, que inclui:

Hot Wheels Epic Show: o show mostrará as transformações de carros Hot Wheels em veículos em tamanho natural que realizarão várias acrobacias ao longo do show na frente de 3 mil fãs diariamente. O público viverá as emoções da corrida das miniaturas em escala real, e que somente os Hot Wheels podem oferecer.

Loja Temática Hot Wheels: o local encantará fãs de todas as idades, onde o público encontrará presentes com o tema Hot Wheels, apresentados das mais diversas formas.

– Restaurante Temático Hot Wheels: Depois de viverem tantas aventuras, os participantes poderão reabastecer as energias com um cardápio variado. O restaurante será totalmente decorado com o tema proposto e contará com carros, pistas e, claro, com centenas das miniaturas Hot Wheels por toda parte.

O lançamento desta atração no Beto Carrero World vem de encontro com o aniversário de Hot Wheels, que acaba de completar 50 anos!

Por enquanto, para não estragar a surpresa, só foram divulgadas imagens em 3D, mas já dá para ter um gostinho de como será essa nova atração Hot Wheels dentro do Beto Carrero! #QueroConhecer!

hot wheels beto carrero

hot wheels beto carrero

hot wheels beto carrero

hot wheels beto carrero

hot wheels beto carrero

hot wheels beto carrero

O Beto Carrero World fica no município de Penha, no litoral norte de Santa Catarina a 125 km do aerporto de Florianópolis e 22km do aeroporto de Navegantes.

Viagens

Viagem com crianças de avião: o que levar na bagagem de mão?

Vai viajar com as crianças? Confira os principais itens para não esquecer de levar na bagagem de mão!

foto: pexels.com

Quem acompanha o perfil do Todas as Mães do instagram deve ter visto meu desabafo no stories sobre a ansiedade de viajar sozinha com meus dois filhos. Estava preparando a malinha de mão das crianças para viajar para o Rio (para a visita ao estúdio do D.P.A. – Detetives do Prédio Azul). Foi então que prometi fazer um post sobre “o que levar na bagagem de mão” em viagens com crianças.

A foto que postei na ocasião foi essa:

Sempre levo:

– Troca de roupa: separo uma troca completa para cada criança, com camiseta, bermuda/calça, calcinha/cueca e meia. Já aconteceu de passarmos por uma turbulência bem forte e eu derrubar um copo inteiro de suco de laranja no meu filho. Ele ficou super chateado mas a troca de roupa salvou! Quando o vôo é longo também levo pelo menos uma camiseta pra mim.

– Casaquinho: não é clichê não rs Tem que levar sim um agasalho no avião, porque o ar condicionado é forte e faz muito frio lá dentro. Leve para você também!

– lenço umedecido + álcool gel: serve para tudo: limpar as mãos, usar no banheiro e até fazer uma limpeza rápida na mesinha da poltrona – você sabia que a mesinha é o lugar mais sujo do avião, com recorde de bactérias? Eca! *segundo pesquisa do site Travel Math)

– soro para pingar no nariz (caso a viagem seja longa): o ar condicionado resseca muito a mucosa nasal e incomoda bastante!

bolachinhas e até um chocolatinhho para aqueles momentos tensos de entretenimento (rs). Nos vôos internacionais, preste atenção às restrições de alimentos do país de chegada.

– garrafinha de água: levo uma águinha na mochila para as crianças tomarem no aeroporto ou antes de entrar na sala de embarque (sincerona: não gosto que eles tomem água do bebedouro), já que dentro do avião você pode pedir um copo d’água . Só não se esqueça que em vôos internacionais existe uma regra para o transporte de líquidos e a sua garrafinha vai ficar retida no embarque. Consulte as regras sobre o transporte de líquidos em viagens internacionais no post sobre “quais remédios levar em uma viagem com crianças”.

– remédios na mala de mão: tem um post só sobre isso. Clique aqui para ler.

– E, claro, o mais importante: os documentos das crianças, senão ninguém embarca! Em viagens dentro do Brasil, para crianças de 0 a 12 anos acompanhadas de ambos os pais ou apenas um ou parente de até terceiro grau, basta a certidão de nascimento ou o RG. Para viagens internacionais, é necessário o passaporte válido e o visto, caso necessário. Quando a viagem for para a América do Sul, só o documento de identidade é necessário (ainda assim eu levo o passaporte). No caso do menor estar viajando para fora do país com apenas um dos pais, consulte a necessidade de autorização por escrito. Para maiores detalhes sobre a autorização, consultem o site da Polícia Federal no menu “Viagem ao Exterior – menores”. No site do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) você também encontra um formulário padrão de viagem internacional que precisa ser preenchido pelos pais que não acompanharão os filhos. A autorização deve ser emitida em duas vias, porque uma ficará com a Polícia Federal. A assinatura deve ser reconhecida em cartório por autenticidade ou semelhança

Não se esqueça também de todos viajarem com roupas e sapatos confortáveis. Prefiro evitar cintos porque dependendo do material pode apitar no raio x na área de embarque e você será obrigada a tirar. Pode parecer algo simples e bobo, mas no meio da fila do raio X, com crianças ansiosas, malas e bagagens de mão, aquela pequena confusão, ter que tirar o cinto nesta hora é bem fora de hora rs

Outros itens indispensáveis (que não são mais o meu caso) são:

chupeta(s) extra(s): porque uma hora a chupeta vai cair no chão (rs)

mamadeira ou copo de treinamento: os meus já tomam líquidos em copos normais, mas se não for o seu caso, leve os copos que os seus estão acostumados

fraldas: costumava trocar a fralda deles pouco tempo antes de entrar no avião, no banheiro do aeroporto, porque é muito mais confortável! Mas dependendo das horas de vôo, não tem jeito, vai ter que trocar dentro do avião mesmo. Peloamor, não me troque fralda suja de cocô na poltrona do avião (sim, já presenciei isso). Ninguém é obrigado, né? Na dúvida, pergunte para a(o) comissária(o) qual banheiro possui trocador e prepare-se para o aperto! Sempre odiei trocar a fralda dentro do avião, mas não tem jeito… deixar de trocar vai deixar o bebê muito incomodado e irritado, além de causar assadura e até possíveis infecções. Paciência, tem que trocar!

carrinho: na hora do check in avise a companhia aérea que você está com carrinho de bebê. Em todas as nossas viagens, nós entregamos o carrinho bem na porta da aeronave como bagagem especial e depois pegamos na esteira. É importante tirar suas dúvidas no check in principalmente se houver escalas no vôo! Sempre preferi levar carrinho do modelo guarda-chuva por ser menor e muito mais prático. Praticidade em uma viagem com crianças é tudo!! Clique aqui para conferir alguns modelos de carrinho guarda-chuva disponíveis na loja Turma da Cegonha.

leite e papinha: quando as crianças ainda tomavam leite em pó, levava exatamente as medidas que iria usar durante o vôo. Então eu só precisava pedir a quantidade de água necessária na hora de preparar o leite. Quanto à comida, eles já eram acostumados com a papinha pronta da Nestlé. Levava o necessário para a duração da viagem, junto com uma colherinha de silicone. Algumas companhias oferecem um cardápio infantil, mas você precisa solicitar antes da viagem. Entre em contato com a central de atendimento da cia aérea.

As crianças também levam mochilinha deles, geralmente com brinquedinhos, papel e canetinha, livrinhos e algumas bugigangas. Sabem aquele brinquedo que estava guardado na gaveta e eles nem se lembravam mais da existência? Leve! Vão brincar como se fosse novidade! Massinha também é uma boa!

Aguardem o próximo post com uma seleção de mochilas para os pais e mochilinhas para as crianças que podem deixar a viagem muito mais prática e confortável.

Leia também:

Quais remédios levar em uma viagem com crianças

Férias no Chile: Santiago com crianças

Os melhores hotéis para se hospedar com crianças

Gramado e Canela com crianças

Disney: qual a idade ideal para levar os filhos?

No Instagram, busque pela hashtag #todasasmaesemviagem e confiram os posts que eu já fiz sobre viagens em família!