Viagens

Férias de inverno: neve com as crianças no Chile

Uma dica para quem está planejando as férias de inverno: que tal levar as crianças para conhecer a neve?

Farellones Chile

Já li em grupos do Facebook algumas mães perguntando se vale à pena viajar com criança pequena para a neve. Antes de decidir ir para o Chile também fiquei encucada. E agora posso responder: sim, sim, sim! Na verdade eu acho que viajar com os filhos sempre vale à pena, independente da idade e do destino (já me aventurei em um vôo de 13 horas para Dubai, com filha de 9 meses e outro com quase 3 anos e foi maravilhoso. Mas isso é assunto para outro post). O que muda é o modo com que a criança vai aproveitar, de acordo com a sua fase. Mas que aproveita, sempre aproveita!

Fomos para o Chile em agosto de 2013, para o centro de esqui Farellones, próximo a El Colorado e ao Valle Nevado. Meu filho mais velho tinha 1,8 ano e eu estava grávida da segundinha de quase 3 meses.

A estrada que leva até Farellones é linda, mas exige atenção e possui muuuuitas curvas (são 40!!). Sabendo disso, conversei antes com a pediatra, que receitou um remédio para evitar enjoo no meu filho. Eu também tomei um remédio contra enjoo receitado pela obstetra. A estrada também pode estar escorregadia por conta do gelo e algumas vezes é necessário colocar correntes nas rodas dos carros para não escorregar. Por isso descartamos a hipótese de alugar um carro no Chile e irmos por conta própria… é melhor fazer essa viagem com quem tem experiência nesta estrada. Contratamos uma agência especializada nesses passeios, que nos levou de van até Farellones, junto com outros viajantes.

Nota: Para quem estiver em Santiago e quiser passar apenas o dia em Farellones, encontrei um pacote de excursão no Hotel Urbano que inclui, além de transfer de ida e volta, guia em português. O link para o pacote é este: www.hotelurbano.com.br/passeiofarellones

Clique na imagem e confira o pacote de excursão de 1 dia para Farellones do Hotel Urbano

Todas as roupas de neve, como calça, casaco, botas e luvas impermeáveis – inclusive do meu filho – foram alugadas em uma loja em Santiago, antes de pegarmos a estradinha. Essa parada na loja de aluguel de roupas de neve foi proporcionada pela própria agência que nos levou para o passeio.

Planeje a sua viagem para o Chile

Clique aqui e personalize a sua viagem com o Hotel Urbano

Chegamos no hotel em Farellones (ficamos no La Cornisa), nos familiarizamos e já fomos conhecer a região. Só um detalhe: para chegar até a estação de esqui, tínhamos que subir mais algumas curvas na estrada à pé mesmo (uns 10 minutos de caminhada). Não sei se de repente outros hotéis oferecem o transporte até lá…Teria nos ajudado bastante (rs).

Na estação em Farellones tem pista de esqui, snowboard, tubing e tirolesa. Só que meu filho não tinha alcançado a altura mínima para entrar, que era 1 metro (ok, já sabíamos dessa restrição) e eu, obviamente, não queria me arriscar a levar um tombo (marcamos a viagem antes de descobrir a minha gravidez). Por isso, o único que usufruiu de fato a estação de esqui foi o meu marido.

Dentro da estação de esqui tem um restaurante com uma vista linda para a pista. Um ambiente super agradável! O único problema é que não era muito baby friendly, pois não havia um trocador quando precisei trocar a fralda do meu pequeno. Espero que isso tenha mudado!

No segundo dia de hospedagem em Farellones a gente acordou, abriu a janela e se deparou com a neve caindo. Só faltava tocar os sinos de Natal para completar a cena hahah (a viagem foi em agosto rs). Meu filho ficou encantado em perceber a mudança da paisagem do dia anterior!

Mas essa neve caindo se transformou em uma nevasca mais forte e por isso poucos se aventuraram nas pistas. Ficamos entocados no hotel neste dia (é um risco que se corre indo para uma região de neve).

No dia seguinte, quando a nevasca parou, o cenário era maravilhoso: fazia um dia lindo, ensolarado e havia neve por toda a parte… era tudo branquinho e fofo!

Fomos para a rua brincar, com direito a fazer boneco de neve, se jogar no chão, e foi delicioso, muito divertido mesmo. Meu filho se jogava na neve fofa, tentava andar, ficava desconfiado daquela textura rs.

No outro dia voltamos para Santiago e continuamos nossa viagem na capital. Resumo da viagem na neve: mesmo não esquiando e com filho bem pequeno, conseguimos curtir bastante! Porém, se o seu objetivo é esquiar, sugiro esperar até a criança atingir a idade/ altura mínima para entrar na estação de esqui, senão vocês podem acabar se frustrando.

Tenho uma irmã de 5 anos que já foi para o Valle Nevado, 13 km distante de Farellones. Com 3 anos ela já conseguiu aproveitar de outra forma: além de brincar na neve, teve aulas de esqui e curtiu o Riglet Park, um espaço projetado para facilitar o aprendizado infantil. Sem dúvida, para crianças maiores existe uma variedade maior de entretenimento! A dica que posso deixar foi dada pelo meu pai: apenas tenha os devidos cuidados com o frio. O resto é relaxar e aproveitar!

Mas insisto em dizer que viajar com os filhos vale à pena em qualquer idade e para qualquer destino, desde que os pais sintam-se seguros.

Para as crianças, o fato de estar com a família em uma rotina diferente será sempre uma diversão e uma experiência especial!

Confiram algumas fotos desta viagem:

Primeiro dia em Farellones

Hotel La Cornisa Farellones Farellones Chile

Na estação de esqui:

Farellones Chile Farellones Chile Farellones Chile

Segundo dia em Farellones: a nevasca!Farellones Chile

Farellones Chile

Farellones Chile

Quem se arrisca? É a mesma pista de esqui da foto lá de cima…Farellones Chile

Terceiro dia em Farellones: dia lindo, sol e muita neve fofa. Vamos para a rua brincar!Farellones Chile
Farellones Chile

Passamos mais dois dias em Santiago, e fizemos alguns passeios, como visitar a casa de Pablo Neruda chamada “La Chascona”, o Parque Bicentenario de La Infancia, o Mercado Central  e o centro histórico da cidade.

Leiam aqui a segunda parte da viagem em Santiago.

Adorei contar para vocês um pouco dessa minha viagem! Viagem em família é sempre muito especial!

Planeje a sua viagem para o Chile

Clique aqui e personalize a sua viagem

Leia também:

Santiago com crianças

Neve com crianças: já pode planejar as férias de 2018 no Chile

Os melhores hotéis para se hospedar com crianças

 


Viagens

Viagem com a família: Santa Clara Eco Resort

Conheci o Santa Clara Eco Resort com a minha família e amigos no primeiro fim de semana de abril. O Santa Clara Eco Resort está entre os 10 melhores hotéis no Brasil para ir com a família, segundo a lista Travelers Choice 2016 do TripAdvisor. Não é por menos, porque o hotel é muuuuito bacana!

santa clara piscinaNa minha listinha, sem dúvida, figura como o melhor dos que já conheci nessa categoria familiar!

Depois de 3 horas de viagem partindo de São Paulo, chegamos na cidade de Dourado, no estado de São Paulo. A recepção foi muito atenciosa e simpática. Como já passava das 20h, fomos direto para o jantar, já incluso no valor da hospedagem – como a maioria dos resorts. Buffet variado, comida gostosa. Por volta das 21h, os monitores da recreação adulta passavam nas mesas se apresentando e chamando os hóspedes para o arraial que iria acontecer em um dos espaços do hotel, na parte externa.

Fomos todos para o arraial, onde tinha uma fogueira, guloseimas típicas de festa junina como cortesia, duas barraquinhas de brincadeiras para entreter as crianças e uma bandinha para dar uma animada. Afinal, né, gente, sexta-feira, todo mundo estava esgotado! Os “tios” dos adultos estavam fazendo algumas brincadeiras para a gente se enturmar…

E não é que eu resolvo participar da corrida do saco? hahahaha E mais: fiquei entre os vencedores e ganhei uma cachaça!

Fiz isso pelo meu filho (e não pela cachaça, ta?), que ficou vidrado me vendo participar de uma competição! Mas enfim, depois fomos para o quarto porque já estava tarde e precisávamos descansar para aproveitar o fim de semana.

Chegando no quarto… meu Deus! Ficamos na Suíte Santa Clara. Suíte gigante, banheiro ultra mega espaçoso, varanda deliciosa com vista para um gramado lindo! No banheiro, kit da L´Occitane (adoro esses mimos)! E tudo o que eu havia pedido estava lá: berço para a Alice, grades na cama do Teodoro e ainda uma banheira portátil, que não foi usada porque obviamente a filhota esperta preferiu a banheira grande da suíte 😉

suitestaclara

OMG, a Suíte Santa Clara! Foto: divulgação

No dia seguinte, café da manhã no buffet super bem servido (ai, que saudade que deu). E aí que começa o planejamento familiar das atividades. Tem atividade pra todo mundo, não é só pra criança, não! Isso, aliás, foi um dos pontos que eu achei mais bacana! Decidimos acompanhar a turma que foi para a Mega Tirolesa, com 220 metros de extensão na ida e 180 metros na volta, com altura que atinge 35 metros. Bom, na verdade eu não fui (hihihi), mas o marido foi com o Teodoro, meu filho de 4 anos. Foi super radical e eles adoraram!

Depois da Mega Tirolesa, você podia acompanhar a turma que iria fazer as trilhas para as cachoeiras, mas eu preferi voltar e ir para a piscina.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

A área da piscina, sensacional. Não só as piscinas – que são 5 – mas toda a estrutura: vestiários, bar e serviço. Em torno da piscina, você tem à disposição bangalôs e sofás para se jogar! Difícil é sair de lá, viu? Sem contar com o lago lindo, com um bangalô bem no centro. E para os mais aventureiros ainda dava para fazer tirolesa no lago!

santa clara_lago

Meus filhos aproveitaram – e MUITO! Foi a primeira vez que ele ficou à vontade com a recreação de um hotel. E a primeira vez que eu me senti à vontade de deixar meu filho “solto” com os monitores de um hotel.  E ó que eu sou encanada, muito encanada! Ele falava o tempo todo pra mim “eu sou Clubinho”, que era a turminha de 3 a 5 anos que ele ficava. Muito fofa essa identificação! A monitoria foi bem elogiada também pelos nossos amigos que estavam conosco na viagem. Das vezes que nossos filhos queriam as mães, uma das monitoras ia nos procurar pelo hotel junto com a criança. Achei bem interessante, mais pessoal do que outros hotéis que simplesmente ligam no celular dos pais pedindo para buscar o filho.

Outra parte nota dez da recreação é que a grande maioria das atividades com as crianças é feita ao ar livre. São brincadeiras mesmo, com muito movimento, diversão de verdade! Eu já estive em um hotel no interior de SP muito bem renomado que, em pleno verão, botavam as crianças para “sessão de cineminha” em uma sala fechada. Curto mais o estilo de recreação do Santa Clara.

santa clara_gramado

A minha filha caçula, de 2 anos, não fica ainda com monitores, pois a idade mínima é 3 anos. Mas ela se divertiu horrores na brinquedoteca do hotel, que foi a maior brinquedoteca e mais completa que eu já vi em resorts familiares. Tudo muito limpinho, novinho, organizado e muito completo. A minifazendinha é outra atração especial que eles adoraram conhecer…desde o nosso retorno a minha filha tem acordado querendo conversar sobre os animais que viu por lá: pônei, cavalo, vaca, ovelha, bode, coelhinho, galinha, pato… rs… uma graça! É uma delicia esse contato com os animais, né? As crianças também participaram de atividades na horta!

Uma parte da brinquedoteca

Uma parte da brinquedoteca

Ah e também tem passeio de pônei para os pequenos, passeio de trator, equitação para os mais velhos, trilhas de mountain bike (eu não participei, mas a amiga que estava conosco sim), SPA da L´Occitane (ah, esse sim eu fui e amei!!)… mil coisas que não conseguimos aproveitar em um único fim de semana.

santa clara_lago fundo

A noite de sábado foi finalizada com um showzinho da banda do hotel, mas estávamos tão cansados que, do jantar, fomos direto para o quarto – meu filho jantava com a turminha das crianças e simplesmente abaixou a cabeça na mesa e dormiu. Até o dia seguinte rs

E no domingo ainda deu para aproveitar mais do hotel! Mas ficou aquele gostinho de quero mais e a vontade de tirar umas férias para aproveitar tu-do que o resort oferece. Vale muito à pena e quero voltar!

E se você estiver planejando uma viagem com o(s) filho(s), espero que o meu relato tenha ajudado, porque antes de decidir ir para lá, eu também busquei informações na internet com depoimentos de quem já tinha ido!

E fica aqui o meu “até breve, Santa Clara!”

estrada2

Viagens

Os 10 melhores hotéis no Brasil para ir com a família

O TripAdvisor divulgou o resultado do Travellers Choice 2016, escolhido por milhões de viajantes e usuários do site. Entre diversas categorias da lista, como melhores restaurantes, melhores praias e melhores destinos, estão os 10 melhores hotéis no Brasil para ir com a família. E esse muito nos interessa, né? rs

Estou reproduzindo a lista de hotéis do Brasil, mas no site do TripAdvisor também dá para conferir os melhores hotéis do mundo para ir com a família. E, no mundo, entre hotéis na Itália, Flórida, Grécia e Espanha, destacam-se o Salinas do Maragogi (que aparece em segundo lugar) e o Mazzaropi.

Os 10 melhores hotéis no Brasil para ir com a família, segundo o Travellers Choice 2016 TripAdvisor são:

  1. Salinas do Maragogi All Inclusive Resort (Maragogi – AL)

Salinas do Maragogi

2. Hotel Fazenda Mazzaropi (Taubaté – SP)

Hotel Fazenda Mazzaropi

3. Santa Clara Eco Resort (Dourado – SP)

Leia aqui o meu relato sobre o hotel.

Santa Clara Eco Resort

4. Bourbon Atibaia Convention & Spa Resort (Atibaia – SP)

Bourbon Atibaia

5. Salinas de Maceió Beach Resort – (Maceió – AL)

Salinas de Maceio Beach Resort

6. Del Rey Hotel (Foz do Iguaçu – PR)

hotel-del-rey

7. Resort La Torre (Porto Seguro – BA)

Resort La Torre

8. Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention (Foz do Iguaçu – PR)

Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention

9. Iberostar Bahia (Praia do Forte – BA)

Iberostar Bahia

10. Hotel Vila Inglesa (Campos do Jordão – SP)

Hotel Vila Inglesa_tripadvisor