Saúde & Alimentação

Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher: confiram os principais exames preventivos para as mulheres de acordo com a faixa etária

Dia 28 de maio é uma data importantíssima para nós, mulheres. 28 de maio marca o Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher e o Dia Nacional de Redução de Mortalidade Materna.

Dia da Luta pela saude da mulher

De acordo com o Ministério da Saúde, a data existe para alertar e conscientizar a sociedade dos diversos problemas de saúde e distúrbios comuns na vida das mulheres. Por isso, a importância de manter os exames preventivos sempre em dia.

É preciso seguir um calendário de exames preventivos que começa a partir da primeira menstruação, com a realização de exames fundamentais que monitoram a saúde e o bom funcionamento de todo o corpo”, afirma Dr. Harley De Nicola, gerente médico da FIDI (Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem), provedora de exames diagnósticos do país para a área pública.

A FIDI preparou uma relação dos principais exames de rotina de acordo as fases da vida da mulher e eu compartilho aqui com vocês. Lembrando que os exames devem ser solicitados por um médico, após consulta e avaliação. Em que fase você está?

Lista de exames preventivos para as mulheres de acordo com a faixa etária

A partir da menstruação
Anual
Mamas (auto exame, detecção de nódulos mamários e prevenção do câncer)
Papanicolau (coleta de material do colo uterino e exame físico anual da pélvis, diagnóstico precoce de câncer de colo do útero e outras doenças ginecológicas)
Sangue (diagnóstico de doenças: diabetes, hipertensão e da tireoide)

A partir dos 30 anos
Além dos exames anteriores
Anual
Mamografia (quem possui histórico de câncer na família)

A partir dos 40 anos
Além dos exames anteriores
Anual
Densitometria óssea (detecção de osteoporose)
Ultrassonografia pélvica e transvaginal (avalia ovários e útero e são solicitados a critério do médico)
Avaliação cardiológica (eletrocardiograma e controle da pressão arterial)
Verificar carteira de vacinação (tríplice viral e dupla adulto)

A partir dos 50 anos
Além dos exames anteriores
Colonoscopia (avaliação intestinal)
Exame de fundo de olho (detecção de problemas oculares)
A periodicidade dos exames pode ser alterada de acordo com os resultados de exames ou a critério dos médicos.

Chama-se de morte materna o óbito de uma mulher durante a gestação ou até 42 dias após o término da gestação, causada por qualquer fator relacionado ou agravado pela gravidez ou por medidas tomadas em relação a ela. As cinco principais causas de morte materna são hipertensão, hemorragia, infecções puerperais, doenças do aparelho circulatório complicadas pela gravidez, parto e puerpério e o aborto. 

A vida corrida de mãe, mulher e profissional faz com que a gente deixe para trás a nossa saúde. Não pode! Sempre digo: nossos filhos precisam da gente com saúde! Então, meninas, planejem-se e organizem-se! Tirem alguns dias para realizar consultas médicas e exames preventivos! Sei que é chatinho, sei que dá preguiça, mas é a melhor coisa que vocês podem fazer por vocês mesmas!

Já contei aqui no blog o susto que levei quando foi detectado um nódulo no meu seio ao realizar exames de rotina. Não deixem de ler o meu relato, pois serve para alertar as mulheres da importância de nos cuidarmos!

Será que você está se cuidando como deveria?

Leia também:

Cuidados com a saúde após o parto: entrevista com Dr. Paulo Nowak, da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Estado de São Paulo

A saúde da mãe sempre para trás e o dia que descobri um nódulo no seio

Um susto em minha vida: o resultado da mamografia

Comportamento

Casamento: levar ou não as crianças?

Que a nossa vida social se desintegra nos primeiros anos da maternidade, isso não é novidade para ninguém! Pra mim, sair à noite é tão raro que, quando isso acontece, torna-se O evento. Não temos babá ou uma ajudante, e nossos familiares mais próximos têm certas limitações, então preferimos acioná-los quando a saída é especial, para não corrermos o risco de abusar.

Aí você recebe um convite de casamento de um familiar, um amigo, uma colega de trabalho… E a pergunta é:

e aí, levo ou não levo as crianças para o casamento?

Levando em consideração que você tem com quem deixar o(a) filho(a) (porque se não tiver essa opção, o caso está resolvido: leve! Ou não vá!), pense no seguinte:

– Qual o horário da festa?

– É um RN? (Não leve!) Bebê? Criança?

– O casamento é de alguém da família próximo ao seu(sua) filho(a)?

– Você está a fim de curtir/ beber/ dançar na festa de casamento?

– Haverá outras crianças no casamento?

Tudo isso deve ser pensado e planejado. Existem bebês que ficam super OK quando mudam a rotina de horários, assim como outros que ficam extremamente irritados quando alteramos sua rotininha de sono e alimentação.

Quando as crianças estão maiores, fica um pouco mais fácil levar em festas e eventos, como um casamento. Porém, embora os mais velhos sejam mais adaptáveis às mudanças de horários e rotinas, também precisa levar em conta que eles podem se cansar e ficar entediados sim! E aí já viu, né, criança entendiada e pais querendo aproveitar uma festa é algo que não combina! Um dos lados vai se estressar…

Casamento com espaço kids? Sim, existe!!

Nunca fui a um casamento que contasse com um recreador para crianças, mas adorei a ideia do Start Arte, que levou o Cantinho Wedding Kids para a 16ª edição do Casar, evento de casamento mais sofisticado do país, no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo.

START - CantinhoWeddingKids7

Especializado em projetos para o público infantil, o Start Arte oferece o serviço que atende convidados mirins em festas de casamento, de 3 a 11 anos, seja no salão de festa, na chácara, no restaurante, em um jardim ou em outro local.  “Todos aproveitam o evento! Os pais ficam com os amigos no salão e os filhos interagem com outras crianças em nosso cantinho,” afirma Priscilla Credidio, diretora artística do Start Arte.

O espaço montado para as crianças é discreto e bem charmoso – afinal, o grande dia é dos noivos e uma festa de casamento não pode ser confundida com um evento infantil. A programação traz oficinas artísticas, contação  de história, jogos de tabuleiro e recreativos, além de brinquedos educativos, TV, DVD e Xbox One.

Para facilitar a comunicação, cada família recebe um pager com o número da pulseira de identificação do filho. Caso o pequeno necessite do suporte da mãe ou do pai, o aparelho é acionado

Para facilitar a comunicação, cada família recebe um pager com o número da pulseira de identificação do filho. Caso o pequeno necessite do suporte
da mãe ou do pai, o aparelho é acionado

Tudo o que facilita a nossa vida de mãe tem o meu respeito :). Amei a proposta, espero que vire tendência! Claro que, em uma festa de casamento, os gastos são tantos que muitos outros detalhes têm uma prioridade maior… Mas não deixa de ser uma delicadeza oferecer esse tipo de serviço para os convidados que são pais! <3

Serviço:

http://www.startarte.com.br/cantinho-wedding-kids

Comportamento

Descomplica Mãe

Hoje foi um dia muito especial! Participei do nascimento do Descomplica Mãe, no qual a Mariana Ferrão (apresentadora do Bem Estar e mãe de 2 meninos) é madrinha. Estou muito honrada em ter sido convidada para ser embaixadora deste lindo projeto, ao lado de outras mães blogueiras talentosíssimas – muitas das quais eu já conhecia e era fã!

Descomplica Mãe

Além de criar conteúdo diferenciado com a colaboração das embaixadoras, o projeto culminará em um grande evento no dia 21 de outubro que contará com palestras gratuitas, talk show, feira de exposições e venda de artigos, além de ação social. Será o maior evento do Brasil para mães e terá nomes de peso, como Mariana Ferrão, Dra. Ana Escobar, Maria Luiza Petty, Luiz Hanns, Dr. Fernando Gomes Pinto, Rosely Sayão, entre outros.

Descomplica Mãe

Ela é linda e muito simpática! Me emocionei com os relatos que a Mariana Ferrão fez sobre a maternidade, mostrando que todas nós, mães, temos muito o que ensinar e o que aprender!

Muito obrigada pelo convite, farei parte do #descomplicamaeoficial com o maior prazer! Afinal de contas, tudo o que a gente quer mesmo é descomplicar, não é?!