Festas

Festa em casa: Peppa Pig e dicas para montar uma festa infantil sem gastar muito

Nos últimos dias estive totalmente envolvida com os preparativos do aniversário da minha caçula de 2 anos. Ela comemorou na escola com os coleguinhas e aqui em casa fizemos um bolinho para a família. Mas, mesmo com uma comemoração pequena e econômica, dá para fazer uma festinha bem bonitinha e é isso que quero mostrar pra vocês. Fiquei super orgulhosa do resultado final! Mas sem dúvida a melhor recompensa é o sorriso estampado no rosto da filha! 🙂

As fotos você vê no final do post!

O tema escolhido foi a Peppa – ou melhor, o George! Ela ama o irmãozinho da Peppa Pig! Inclusive usei alguns bonecos da Peppa que ela já tinha para decorar a mesa do bolo. Foi legal ela reconhecê-los na mesa!

mesa peppa

 

O convite foi por email e eu peguei a arte do site Fazendo a Nossa Festa. Aliás, lá tem muita coisa para baixar e é tudo gratuito! Vale muito à pena pesquisar!  Nesse site também baixei outra arte da Peppa e montei no programa Pixlr.com um imã de geladeira, com a foto da Alice e data do aniversário. Mandei imprimir em uma gráfica como imã de geladeira e já veio cortado no formato certo.

A toalha da mesa foi feita por mim. Usei tecido de algodão em poá rosa e fiz a bainha com fita grelot na cor cru. Ficou muito fofa a toalha! Para enfeitar a toalha, usei a bandeirola de tecido que minha mãe faz (à venda no Mimozário). Essa bandeirinha foi feita para ser usada como enfeite de maternidade e hoje fica pendurada na parede, em cima do berço.

A galocha é da minha filha rs

A galocha é da minha filha rs

Para a mesa, não encomendei papelaria personalizada…. Fui em lojinhas de festa (Magazine 25 e Lojas Ceylão) e já comprei tudo o que tinha do tema: painel, forminhas, copos, pratos, guardanapos etc. Eu já tinha outras forminhas no formato de flor e também alguns picks para docinhos que havia comprado na loja da Cromus e usei na mesa também. Mesmo sendo de outro tema (Patisserie), as forminhas e os picks ficaram super de acordo com a decoração.

As boleiras são minhas, não precisei alugar… comprei em campanhas do site da Dinda e uso em todas as festinhas aqui em casa. Na decoração também usei a galocha da minha filha da Peppa (lavei antes tá? haha), uma caneca que ela ganhou de lembrancinha em uma festa e um porta escova de dentes que a Alice ganhou de presente.

Ou seja, fui juntando tudo o que tinha aqui em casa e saiu uma festinha muito caprichada! E melhor: sem gastar muito!

Nas minhas pesquisas pelo Pinterest vi uma mesa decorada usando plaquinhas de grama artificial para colocar os docinhos em cima. Fiz o mesmo e deu um efeito bem fofo! Comprei as plaquinhas em loja de R$ 1,99. Acho que foi R$ 3,00 cada.

O bolo do George com o dinossauro da Luana Davidsohn

O bolo do George com o dinossauro da Luana Davidsohn

O bolo: não curto muito os bolos cenográficos, apesar de concordar que deixa um visual incrível na mesa. Mas eu gosto desse negócio de cortar o bolo na hora, sabem? O bolo de pasta americana é muito caro e iria contra a minha proposta de festa econômica. Encontrei esse bolo do George na Luana Davidsohn Confeitaria e encomendei um igualzinho. Eu já conhecia a confeitaria pelos cupcakes. O bolo foi super aprovado e a Alice amou o George e o dinossauro! Também encomendei os cookies decorados no palito com o número 2. As crianças – que eram poucas, levaram para casa como lembrancinha.

Os comes foram encomendados da padaria que costumo comprar pão! Foram distribuídos pela casa em pratinhos de louça lindíssimos que são da minha mãe. Da padoca vieram sanduichinhos, pães de queijo, salgados (não foram fritos na hora, apenas requentei no forninho) e docinhos (brigadeiro, beijinho e mini churros). Tenha certeza que sai muuuito mais barato do que contratar um buffet. Faça uma pesquisa do quilo do brigadeiro e terás a resposta!

Suqueiras

Suqueiras

Suco de laranja para as crianças e água aromatizada nas suqueiras que já tenho aqui. Escrevi o rótulo adesivo com lápis de cor e enfeitei com a coroa da Peppa e focinho cartonado (comprei no Magazine 25). Ah, um dia antes da festa lembrei que tinha metade de uma melancia baby (daquelas sem caroço) na geladeira. Então decidi cortar a melancia em pedacinhos, espetar naqueles garfinhos de madeira e servir. Super natural e refrescante. Depois descobri que já existem cortadores de melancia para ficar com o formato triangular certinho 🙂

Um dia antes da festa fiz uma retrospectiva do último ano da minha filha (sim, deixei para última hora e acabei super tarde. Mas valeu à pena). Usei o programa de edição de vídeo Wondershare, que é muito bom. Tem a versão gratuita, mas fiz com a versão paga, que eu já tinha. Usei a música Be-a-Bá do Toquinho, que é perfeita para esse tipo de projeto!

Lembrancinha: esponjas de banho

Lembrancinha: esponjas de banho

E as lembrancinhas! Não posso me esquecer delas! Comprei pelo Elo7. Como sou do time “compre do pequeno”, pois vendo minhas peças lá também, faço questão de divulgar aqui! Fui muito bem atendida nas duas lojas e os produtos são de ótima qualidade. Para a festinha da escola encomendei dedoches de feltro da Peppa da loja Giselle Bonardi Ateliê. Muito fofos! Para a festinha de casa encomendei esponjas de banho da Peppa e do George do Templo do Aroma. Para embalar as esponjas, costurei saquinhos de tule e fechei com fita de cetim.

No dia da festa eu estava sozinha com as crianças para montar tudo! Não teria feito nem metade se não fosse a ajuda da minha comadre Camila! É muito importante contar com uma ajuda neste dia tão especial! Não tem coisa pior que você ficar estressada no dia da festa dos filhos. Outra dica: durante os preparativos fiquei de olho o tempo todo no relógio e estabeleci: faltando 1 hora para o começo da festa, ia largar tudo para me arrumar e arrumar as crianças. Foi o tempo ideal!

Acho que chega de papo, né? Confiram as fotos!

 

E para finalizar esse post, vou deixar aqui 4 dicas valiosíssimas para montar uma festa infantil sem gastar muito. As dicas foram dadas pela Gizelle Carreira, decoradora da DF Design de eventos. Agora estou vendo segui tudo o que foi escrito aqui!

  1. Defina seu orçamento: Esse é passo mais importante, você precisa saber o quanto quer e pode gastar com a festa, assim você tem uma base para comprar apenas os itens necessários e que cabem dentro do seu bolso.
  2. Não alugue a locação: Um dos itens mais caros de uma festa é o aluguel da locação, por isso pense em um local onde você não gaste nada, pode ser o quintal da sua casa, dentro de casa (dependendo da quantidade de convidados), no espaço para festas de seu condomínio, na casa daquele parente ou amigo que tem um espaço legal e ele está disposto a ceder. O segredo é economizar na parte certa, porque tem itens que não tem muito como economizar, como comida e bebida.
  3. Faça você mesmo: Na decoração o bom e velho faça você mesmo ajuda muito a economizar, convites, enfeites de mesa, bandeirolas, esses são itens simples que você mesma pode fazer. Uma maneira de economizar na decoração também é usar balões, eles dão um visual lindo e não custam caro.
  4. Enxugue a lista: Convide realmente quem é importante, principalmente para criança. Festa de criança é para criança, muitas vezes os pais caem no erro de encher a festa do filho de adultos queridos dele e não da criança e o amiguinho da escola que você não conhece os pais acaba ficando de fora. Pense primeiro na família, depois nos amigos do filho e depois nos seus amigos que tem alguma relação com o seu filho.

Leiam também:

As principais tendências para festas infantis em 2018, por Lilian Ruas

Festas infantis intimistas e afetivas: por que amamos?

Locadora especializada em festas reúne mais de 70 itens

Festa em casa: tema DinossaurosCarnavalBichosPrincesasPraia & Verão

Comida saudável e festinha infantil combinam sim!

Comportamento

Afterschool: para depois (ou antes) da escola. Testamos aula de Le Parkour infantil!

Dia desses levei meu filho mais velho para conhecer o Afterschool, um centro de educação para o contraturno escolar, voltado para crianças de até 12 anos. O Afterschool fica no bairro de Alto de Pinheiros e funciona em 2 períodos do dia com cursos regulares. Os pais podem escolher deixar os filhos durante toda a semana ou somente em determinados dias da semana, mas sempre por um período inteiro (manhã ou tarde).

O centro oferece uma grande variedade de atividades para as crianças, como música, inglês e culinária, mas o que me chamou muito a atenção foi a aula de Le Parkour infantil. Na verdade levei meu filho exclusivamente para essa aula (mas por enquanto só é possível matricular por um período inteiro, que seria das 8h às 12h ou das 13h30 às 17h30, ou por um período de 2 horas vinculado à aula de inglês 2 x na semana). Fiquei empolgadíssima, porque é um tipo de atividade que quase não se oferece nos espaços infantis que existem hoje em dia. E, bem… ele já meio que pratica parkour na sala de casa hahah Para quem não sabe o que é Le Parkour, veja o vídeo lá embaixo! É um treino de obstáculos, como escalar muros, saltar de degraus, equilíbrio do corpo etc.

Óbvio que ele adorou a aula experimental! E eu, como mãe de um molequinho que tem energia de sobra (graças a Deus), achei super inovador! Confiram as fotos de divulgação da aula de Parkour infantil:

Foto: After School/ divulgação

Foto: Afterschool/ divulgação

After school

Foto: Afterschool/ divulgação

A casa onde funciona o Afterschool é linda, espaçosa e dá gosto de ver o material e mobiliário… tudo novinho (o espaço abriu em janeiro). Eles têm uma proposta pedagógica muito interessante e é uma ótima alternativa para as crianças que estudam meio período e os pais trabalham fora o dia todo. Também oferecem opção para contratar almoço e transporte.

Aqui não temos a necessidade de um lugar no contraturno da escola, mas eu fiquei muito entusiasmada com a aula de Parkour… seria um curso extracurricular bem interessante para gastar toda essa energia das crianças 😉

E para quem não sabe o que é parkour, achei um vídeo bem legal da Tracer, a primeira academia de Parkour do Brasil. Vejam o vídeo com as crianças da academia, que máximo! A Tracer também oferece aula de Parkour kids!

Serviço:

Afterschool Educação:
http://afterschool.net.br/

Tracer
http://www.tracer.com.br/

Saúde & Alimentação

Sugestões para montar uma lancheira saudável

Lanche saudável

Photo credit: kelly.sikkema via VisualHunt / CC BY

Ao contrário do que muitas pensam, montar uma lancheira saudável e ideal não é uma meta tão difícil de ser alcançada. A gente não precisa ser uma discípula da Bela Gil para isso (rs). Nada contra a chef, muito pelo o contrário!

Para ajudar a montar uma lancheira equilibrada para os nossos pequenos nessa volta às aulas, Beatriz Botéquio, consultora em nutrição da ABIMAPI – Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados, explica que a composição do lanche infantil deve sempre conter:

– 1 fonte de carboidratos (pães, biscoitos simples doces ou salgados, bolo simples ou cereal matinal);

– 1 fonte de fibras e minerais (frutas ou sucos);

– 1 fonte de cálcio (leite, queijo ou iogurte).

Quanto à quantidade e variedade, a nutricionista afirma que três produtos são o suficiente para evitar desperdício. Um lanche infantil não deve ultrapassar de 300 Kcal.

Lancheira térmica da loja Mimozário (www.elo7.com.br/mimozario)

Use lancheiras térmicas para manter a temperatura dos alimentos (Veja aqui as lancheiras térmicas da loja Mimozário) e armazene cada alimento em embalagens individuais, como sacos plásticos descartáveis com zíper ou potinhos plásticos.

Para atrair as crianças, Beatriz Botéquio dá a dica de como deixar o lanche mais divertido: “pães de forma são uma ótima alternativa para criar um lanche divertido, caracterizando o pão em personagens animados ou bichos como ursos, girafas e tubarões. Pode usar a criatividade e usar moldes em formatos de estrelas, corações, carrinhos ou montar um cenário com os próprios alimentos”.

 

Confira abaixo três sugestões para montar uma lancheira saudável:

Opção 1:

Pão sem casca integral com requeijão e ricota temperada + 1 fruta (maçã picada ou banana)

Opção 2:

Lanchinho de biscoito integral com margarina + Iogurte natural + saladinha de fruta picada

Opção 3:

Bisnaguinha de cenoura com geleia 100 % frutas + 1 caixinha de água de coco

Opção 4:

Mini wrap com patê de frango com cenoura e alface + 2 castanha do pará + 1 suco de fruta natural

No ano passado fiz uma matéria bem legal com a nutricionista Juliana Dragone, que avaliou a lancheira de 3 crianças. Confira o que estava certo e errado no lanche dos pequenos. A nutri também indicou as melhores frutas para fazer suco natural e levar para a escola!