Recomendo

Barbie agora em 7 tons de pele e corpos mais reais

Uma novidade do mundo dos brinquedos (sim, é um mundo haha) que deu o que falar nesta quinta-feira – e eu achei sensacional – foi o lançamento da Mattel da nova linha de Barbies. A coleção Barbie Fashionistas acaba de ganhar 3 versões de corpo, além da clássica: Tall, Curvy e Petite. No bom portugês: alta, cheinha e baixinha. Além disso, as Barbies também apresentam sete tons de pele, 22 cores de olhos e 24 penteados!

Barbie Fashionistas 2016 Barbie Fashionitas 2016

Acho que foi um passo certeiro para uma fabricante de brinquedos e com certeza a Mattel vai ganhar pontos com muitos pais, pois agora a Barbie se aproxima mais do padrão REAL de beleza. E é isso que queremos ensinar aos filhos,  que todas nós podemos ser bonitas, independente da cor de pele ou cabelo.

“Estamos animados com o lançamento das novas bonecas. A variedade nos tipos de corpo, tons de pele e estilos permitirá que as meninas encontrem uma boneca que fale diretamente com elas”, afirmou Evelyn Mazzocco, Vice-Presidente Sênior e Gerente Geral Global de Barbie.

Eu também acho que esse lançamento pode ajudar bastante a combater o bullyng nas escolas, uma vez que algumas meninas sofrem com piadinhas em relação ao seu corpo. Com uma boneca tão famosa em tantas versões, talvez fique mais fácil de a criança ser mais segura de si, mais feliz em relação ao seu corpo.

As novas bonecas estarão disponíveis no Brasil a partir de março nas lojas Ri Happy. Ao longo de 2016 a coleção completa será lançada em outros varejistas de todo o país. O preço sugerido é de R$ 89,99.

 

Desabafo

Alô, Alô fabricantes de brinquedos: onde estão as heroínas?

Se você for em uma loja de brinquedos rapidamente vai encontrar a prateleira com vários bonecos de super heróis: Capitão América, Homem de Ferro, Hulk, Thor, Homem Aranha, Superman, Batman, etc.

 

Se você encontrar UMA heroína no meio desses bonecos, por favor, me diga AGORA o endereço dessa loja (rs).

Gente, cadê a Mulher Maravilha, da Liga da Justiça? Cadê a Tempestade, dos X-Men? E a Mulher Invisível, do Quarteto Fantástico? E a Vampira e a Viúva Negra, de Os Vingadores?
heroinas
Meu filho, com quase 4 anos, está curtindo MUITO essa fase de super heróis. É Thor pra lá, Homem de Ferro pra cá e super poderes que não acabam mais. Aí um dia ele me chamou pra brincar junto, mas disse que eu não poderia fazer o papel de herói porque meninas não têm super poder :/
Epa, menina tem poder, sim!!
Hahah então expliquei um pouco sobre as heroínas que conheço. Ok ok mamãe, mas onde estão?
Minha filha, que está com 1 ano e meio, vê o irmão brincando tão empolgado e quer fazer igual. Já até sabe as onomatopéias de um verdadeiro super herói! Ele tem muito ciúmes dos seus bonecos e não gosta de emprestar pra irmã. E foi aí que pensei em dar a boneca de uma heroína pra ela, assim ela teria poderes também e eles iriam brincar juntos. E, por sua vez, meu filho iria aprender que existem heroínas muito legais! Mas me frustrei quando descobri que não existe (fué fué fué fué). E é engraçado, porque a gente entrou num clima retrô que tem tudo da Mulher Maravilha, desde havaianas baby e adulto até objetos de decoração. Mas boneca pra gente brincar que é bom, nada! Minha amiga me lembrou que na nossa época existia a boneca She-Ra (e ela tinha).

 

Até existem as action figures em lojas de colecionáveis, como a Toy Show, mas elas não são feitas propriamente para as crianças, não são brinquedos, são peças de colecionadores. A Mulher Gato (é uma vilã), por exemplo, custa R$ 449,00 na loja online da Toy Show. Tem coragem de largar uma “boneca” dessas na mão de uma criança? hahahah

E no final das contas, sabe quem ocupou esse cargo esquecido no mercado? Ela, a boneca que algumas pessoas adoram criticar: a Barbie! Pois é, entre as mais de 150 profissões já exercidas pela Barbie, também pode-se incluir a de super heroína.  Você já deve ter visto a boneca em uma loja de brinquedos. Ela é inspirada no filme “Barbie Super Princesa” (lançado em DVD e Blu-Ray no início deste ano) e, quando o perigo chama, basta pressionar o botão em seu corpete para que ela gire e se transforme na super heroína, a Super Pink! Sua saia se abre e vira uma capa brilhante, forrada com uma estampa de estrelas – uma saia rosa, cinto, emblema e botas cor-de-rosa completam a produção. É uma heroína “bem Barbie” mesmo, né, com muito glamour e purpurina! rs Mas pelo menos ela tem poder!
barbie princesa

Falei aqui neste post sobre meu filho e minha filha, mas tenho certeza que essa observação não é só minha! Imagino que muuuitas meninas adorariam brincar de heroínas!

Interessante que, conversando sobre essa falha no mercado com uma lojista, ela me disse que outra reclamação bem recorrente das mães em relação à brinquedos é a inexistência de bonecOS. Sim, porque as crianças gostam de brincar de bonecas, dar mamadeira, dar banho, fazer nanar, dar papinha… mas elas também querem brincar de ter um filhinhO e não só uma filhinhA. Eu realmente nunca vi… pode ser até que exista, mas é bem difícil encontrar né?

Quem sabe a venda de bonecas de heroínas e bonecos meninos não ajuda a rever certos conceitos equivocados de brincadeiras de meninas e brincadeiras de meninos? Seria legal, né? Ah, e se estou falando alguma besteira, quer dizer, se existe uma boneca de heroína e um boneco menino, me corrija! (e me fale onde encontrar rs).

* Fotos heroínas: DC Comics/Wikipédia; Marvel Comics/ Wikipédia

* Fotos Barbie: divulgação