Viagens

Dicas para curtir Ilhabela com crianças

Os posts com dicas de viagens com crianças têm feito sucesso aqui no blog, então decidi escrever sobre um destino que amo de paixão: Ilhabela, no litoral norte de São Paulo. Mas atenção, esse post não é um guia… Existem inúmeros passeios, praias e atividades na ilha. Vou sugerir apenas um roteiro bem bacana para curtir com os pequenos, mas que dá para combinar com várias outras dicas, ok?

Dicas para curtir Ilhabela com crianças

Dicas para curtir Ilhabela com crianças

A mala

Sim, Ilhabela tem muitos borrachudos. São uns mosquitinhos chatonildos que atacam nossas pernas e pés, principalmente de manhã e no final da tarde. Mas sinceramente, foram poucas as vezes que a situação estava insuportável de borrachudo, a ponto de ter que deixar o local. Geralmente era final de tarde em praias mais isoladas. Os pernilongos que estão dominando as noites de verão de São Paulo estão mais irritantes, eu garanto! Mesmo assim, leve repelente na mala – e um xarope antialérgico receitado pelo pediatra, caso o(a) filho(a) for alérgico a picadas. Eu sempre levo! No comércio local você vai encontrar alguns repelentes à base de citronela, que garantem manter o borrachudo bem longe!

Praias

Quando eu era “xófem”, frequentava bastante a famosa praia do Curral, ao sul da ilha. Aí vieram os filhos e fui atrás de uma praia mais calma, com menos movimento e menos trânsito para chegar em épocas de alta temporada. Me encontrei na Praia da Armação, no lado norte da ilha, com águas calmas e cristalinas, perfeitas para crianças. Mas ela não é tão vazia assim! A praia abriga a escola de vela BL3, possui um estacionamento na frente, tem alguns quiosques com aluguel de cadeiras e guarda-sóis e abriga um restaurante/ bar mara chamado Vila Salga. O Vila Salga tem uma estrutura ótima, com mesas e sofás de pallets, cardápio variado (com menu kids) e banheiro LIMPÍSSIMO com trocador (e isso eu sei que conta bastante para quem vai com criança para praia). Mas o restaurante só está abrindo nas temporadas de verão, então é melhor ligar antes para saber se ele estará aberto na época que vocês forem. Para quem não quer ficar em restaurante nenhum, tem uma árvore centenária belíssima no final da praia que oferece uma sombra perfeita, logo ao lado do Vila Salga, com uma capelinha ao fundo e ainda com um parquinho de madeira.

Praia da Armação

Praia da Armação

Outra praia propícia para ir com crianças pequenas é a Praia da Siriúba, também ao norte da Ilha (pouco antes das praias do Sino). O mar é tranquilo e raso, daqueles que você nada, nada e ainda dá pé na maré baixa. Também tem restaurante na praia, o Balleno Beach Bar (um pouco mais caro que da Armação), ducha e banheiro (do outro lado da rua). Não vi estacionamento da última vez que fui, mas conseguimos vaga na rua sem problemas.

Praia da Siriúba

Praia da Siriúba

Passeios

Dependendo de onde vocês estiverem hospedados, uma óóótima dica é alugar uma bike com cadeirinha e pedalar pela ciclovia à beira mar. Gente, o passeio é incrível, a paisagem é maravilhosa e, de quebra, você ainda pode parar em uma das praias da avenida principal e dar um belo mergulho! Em toda a orla do bairro do Perequê tem praias com parquinhos de madeira, com balanço, escorregador, etc. A região onde mais se concentra lojas de passeios e aluguéis de bicicletas é entre o Perequê e a Vila.

Parquinhos de madeira nas praias do Perequê

Parquinhos de madeira nas praias do Perequê

Paisagem da ciclovia de Ilhabela

Paisagem da ciclovia de Ilhabela

Fim de tarde na ciclovia: eu, o super carrinho e as crianças na charrete

Fim de tarde na ciclovia: eu, o super carrinho e as crianças na charrete

Pôr do sol em Ilhabela

Pôr do sol em Ilhabela

Cachoeira

A Ilhabela possui inúmeras cachoeiras para serem visitadas, mas a última que eu fui com os meus filhos e indico bastante é a Cachoeira dos Três Tombos, próxima à praia da Feiticeira, ao sul. São três quedas em meio à Mata Atlântica. É um passeio rápido, sem firulas. Ficamos apenas na primeira queda, pois li que a segunda não é muito indicada para crianças por conter pedras muito escorregadias. Dá para estacionar o carro pertinho da cachoeira, pegar uma rápida trilha e chegar ao destino. A água é rasinha e dá para as crianças darem um mergulho! Delícia!

Cachoeira dos 3 tombos: foto da primeira queda

Cachoeira dos 3 tombos: foto da primeira queda

Banho de cachoeira: quem resiste?

Banho de cachoeira: quem resiste?

Restaurante

Tratando-se de restaurantes com pratos (PF) bom e justo, acho que o mais conhecido da Ilha é o Cheiro Verde, na Vila. Mas no Perequê também tem um restaurante muito bom e que não tem só a opção do almoço executivo. É o Pimenta de Cheiro, que ainda conta com uma vista agradabilíssima para o mar. Mas dependendo do calor, é melhor ficar no salão interno com ar condicionado. Tem trocador pros bebês no banheiro? Teeem! Tem até um bercinho de vime para os babies que tirarem uma soneca durante o almoço dos pais 😉

Vista do restaurante Pimenta de Cheiro, no Perequê

Vista do restaurante Pimenta de Cheiro, no Perequê

berço de vime Pimenta de Cheiro

Isso que é restaurante baby friendly: tem até berço de vime para os bebês!

Pizza

Para a noite, é muito gostoso dar uma voltinha na vila, tomar um sorvete com as crianças e conhecer as lojinhas do centro. Mas uma pizza também é uma ótima pedida. No sentido balsa-vila (mais perto da vila), você cruza com uma placa de “O Caminho da Pizza”. Siga a placa e vai chegar em uma pizzaria bem gostosa, que serve pizza cortada em finas fatias (come-se com a mão e guardanapos, sem pratos e talheres). No fundo do estacionamento tem ainda um parquinho para as crianças (que na verdade é de uma pousada).

Bom, espero que minhas dicas possam ser aproveitadas! Confiram, também, os outros posts de viagens que já fiz. Clique aqui para ler!

 

Casa & Festas

Festa infantil: tema verão & praia

Para as mães que querem fazer uma festinha no tema verão, sol, praia e mar, selecionei algumas fotos inspiradoras para ajudar a montar uma decoração bem linda!

Inclusive esse foi o tema do aniversário de 2 anos do meu filho, comemorado no mês de dezembro (em 2013), bem no comecinho no verão. As fotos abaixo são da festinha dele. Em seguida vou colocar mais algumas imagens retiradas do Pinterest.

Cores

O ponto de partida da festinha foi definir as cores da decoração. Pesquisei muito em revistas e internet (o Pinterest foi minha principal fonte de inspiração) e cheguei nas seguintes cores: azul turquesa, laranja e amarelo. Mas o tema praia e verão dá para usar e abusar de outras cores também, principalmente os tons cítricos.

Festa Praia

Usei joguinhos americanos de palhinha para usar na mesa do bolo ao invés de pratos. Vasinhos coloridos com pirulitos decorados e aqueles guarda chuvinhas tropicais como topper de doces. O bolo foi feito pela Steffi Confeitaria. A cobertura na cor azul tinha ondulações para lembrar o mar. Ao redor do bolo foi depositado bolacha de maizena triturada, dando a impressão de areia.

Painel de esteira

Atrás da mesa do bolo pendurei uma esteira comum de praia. A bandeirola com o nome do meu filho com o formato de objetos de praia (bola, bermuda, chinelo etc) foi feita pelo Estúdio Tuty

Festa Praia

Brincadeiras no chão
Para as crianças que brincavam no chão, montei essa área kids com esteira de praia e tapete de borracha com alguns brinquedinhos de praia. Na geladeira de isopor tinham picolés Rochinha. Mas tive que tirar da festa… percebi que foi um erro, pois as crianças eram muito pequenas, estavam fazendo muita lambança e alguns pais não estavam contentes com isso rs.
Festa Praia

Clique e continue lendo!

Saúde & Alimentação

Os cuidados com as crianças no calor

Calorão é uma delícia (amo), mas é preciso tomar alguns cuidados com os pequenos nesses dias muito quentes.

Photo credit: Vincent Sheed via Visual hunt / CC BY-NC-ND

Photo credit: Vincent Sheed via Visual hunt / CC BY-NC-ND

 

Um dia desses até tomei uma bronca da minha mãe (hihihi) porque eu precisava resolver algumas pendências na rua e eu teria que levar os filhos junto, só que eu deixei para fazer isso na parte da tarde, debaixo do sol das 14h. Bom, acabei obedecendo minha mãe (hihihi 2) e não saí com eles naquela tarde. Mas às vezes não tem jeito, e por isso é muito importante ter conhecimento sobre os cuidados que devemos ter com os pequenos nesta época de calorão.

>> Evite sair ao sol entre 10h e 16h e use roupas frescas

O pediatra e neonatologista, Jorge Huberman, afirma que é importante dar preferência para sair antes das 10h ou depois das 16h, além de usar roupas frescas, pois a pele da criança é fina e as chances de sofrer uma insolação são muito maiores se comparamos aos adultos. “Roupas de algodão, linho ou claras, são as ideais, e evitar as de fibras artificiais, elas esquentam. Mesmo saindo no horário correto não se esqueça de usar o protetor solar indicado pelo pediatra da criança. Boné e óculos são bem vindos” diz o pediatra.

>> Sobre a desidratação

“O tempo quente é um dos responsáveis pelo aumento nos casos de virose, diarreia e desidratação das crianças, por isso os pais precisam ficar atentos quanto à exposição delas ao sol. O hábito de sair sempre com uma garrafinha de água, suco ou água de coco para hidratar o filho e evitar o refrigerante, pois hidrata pouco, já é um começo” diz Dr. Jorge Huberman. Gente, desidratação é coisa séria, tá?

>> Ar condicionado: qual a temperatura ideal? Ventilador ligado o tempo todo faz mal?

Aqui em casa temos ar condicionado nos quartos, mas decidir a temperatura sempre é um problema. O que poucos sabem é que quando o ambiente fica muito frio, a mucosa da garganta fica vulnerável às bactérias, e com isso podem aparecer infecções como dor de garganta, por exemplo. “O correto é não deixar o ventilador em cima da criança colocando o do lado oposto do seu filho. Já o ar condicionado regular numa temperatura mais amena, 23°C ou 24°C. Aplicar soluções fisiológicas no nariz da criança, fazer inalações com soro e colocar um balde com água no quarto longe do alcance da criança, ajudam quando não se tem esses eletrodomésticos” complementa Dr. Jorge.

E coragem pra aguentar o calorão!