Comportamento

Estudo revela diferentes tipos de pais e os reflexos que causam na infância. Que tipo de pais vocês são?

criança feliz

Você já parou para pensar que tipo de mãe/ pai é você e como isso pode refletir no comportamento dos filhos? Porque, né, mãe não é tudo igual não…

O canal Gloob, em parceria com a consultoria Play – Pesquisa e Conteúdo Inteligente, a curadoria de conhecimento Inesplorato e o Instituto de Pesquisa Quantas, realizou uma pesquisa para mapear os diferentes tipos de cuidar e os reflexos que causam nas características comportamentais das crianças.

Chamado “Vem de Casa”, o estudo apontou três diferentes tipos de pais em relação ao modo com que cuidam dos filhos. Em qual desses tipos de pais você se identifica?

·         É normal você se identificar e transitar entre um tipo e outro, assim como as crianças também podem expressar mais de um desses comportamentos. A pesquisa foi realizada com mais de 1 mil entrevistas.

Balança (41%)

Os pais “Balança” estimulam a curiosidade e a autoexpressão dos filhos, além de discutirem e os consultarem, com frequência, sobre as decisões. Os filhos dos pais “Balança” são questionadores, colaborativos, independentes e espontâneos.

Sinal Verde (22%)

Os responsáveis do grupo “Sinal Verde” permitem que as crianças regulem suas próprias atividades, são poucos exigentes quanto à ordem e aceitam com mais facilidade os impulsos e desejos das crianças. Os filhos dos pais “Sinal Verde” são curiosos, individualistas e com grande acesso a informações.

GPS (37%)

Já os pais “GPS” apresentam um nível de controle maior em relação aos filhos. As regras, proibições e restrições são nítidas e valorizam o respeito pela autoridade e pela ordem. Entre os pais “GPS” predominam crianças mais obedientes, com características pouco questionadoras e que nem sempre expressam suas vontades

O estudo revelou outro dado importante: apesar de 97% dos pais acreditarem que brincar é importante para o desenvolvimento do filho, apenas 64% brincam às vezes, segundo os filhos.

Confiram outras informações da pesquisa:

Infográfico Dossiê 2017 Gloob

·         Para o “Vem de Casa” foram realizadas mais de 1 mil entrevistas com pais e crianças entre 06 e 09 anos, de diferentes regiões do país, que compõem as classes ABC e que têm acesso aos canais infantis da Tv Paga. O estudo foi realizado em três fases – uma curadoria sobre a infância, comandada pela Inesplorato; uma etapa quantitativa conduzida pela Quantas; e a Home Invasion, realizada pela Play.

Em 2015 o canal Gloob também divulgou uma pesquisa realizada com crianças de 6 a 9 anos revelando o comportamento da geração “on demand“.

Cinema e TV

Lançamento do canal Nat Geo Kids

Nat Geo Kids Brasil

Estive no lançamento do novo canal multiplataforma Nat Geo Kids, que chega no dia 03 de outubro. Voltado para crianças entre 4 e 7 anos, o Nat Geo Kids terá conteúdo voltado para ciência, exploração, aventura e conservação. Tudo a ver com essa faixa etária!

Com a missão de estimular a criatividade e despertar a curiosidade dos pequenos, o novo canal tem aquele espírito explorador, próprio do National Geographic!

Os pais passam a ter agora um destino seguro e multiplataforma para seus filhos onde a diversão se encontra com o conhecimento. A programação poderá ser vista na TV ou, quando e onde quiser, no App Nat Geo Kids. Tudo isso com o selo de garantia de uma das marcas mais respeitadas do mundo: National Geographic”, explica Michel Piestun, SVP & GM Brasil.

As crianças se divertiram muuuito no evento de hoje, participaram de várias experiências e atividades científicas … Foi demais porque deu para sentir a “pegada” deste novo canal!

Entre os conteúdos especiais e nacionais com desenhos e live action, estão os novos programas exclusivos, como os desenhos animados de sucesso internacional:

·         “As Aventuras de Blinky Bill”, com o coala Blinky e seu amigo lagarto Jacko;

·         “Ready Jet Go! ”, onde três amigos embarcam em grandes aventuras para explorar o sistema solar;

·         “As escolhas de Chuck”, no qual um garoto de 10 anos escolhe uma aventura diferente em cada episódio;

·         “Laboratório Secreto de Thomas Edison”, um grupo de crianças trabalha com uma equipe e a imagem holográfica de Edison e seu robô de confiança, o Von Bolt;

·         “Splash e Bubbles”, nesse desenho os pequenos explorarão os oceanos, conhecendo criaturas fantásticas e novos habitats;

·         “Jamie e seus Tentáculos”, o jovem príncipe Jamie, do planeta Blarb, chega à Terra disfarçado como humano, fazendo muita bagunça. Por sorte, todas serão concertadas por seu amigo Erwin.

O app Nat Geo Kids está disponível para Android e Apple www.natgeokids.com.br

 

Comportamento

Mãe, menina pode casar com menina?

Teodoro, no “auge” dos seus 5 anos, diz que está namorando com uma amiguinha da escola e que vão se casar quando crescerem. Respondo que criança não namora, nem de brincadeira.

Alice, de 3 anos, esponjinha como só, resolve participar do assunto. Mesmo sem entender o real significado de casamento, ela não quer perder para o irmão e afirma que também vai se casar. Com a sua amiguinha inseparável da escola hahaha. Nem dá tempo de falar alguma coisa, o mais velho já pergunta: mas mãe, menina pode casar com menina?

Gente, eu nem queria esse papo de namoro, casamento, peloamor, são crianças!! Mas olha, se tem uma coisa que posso oferecer desde agora para os meus filhos, é a minha referência sobre respeito e diversidade.

Filhos, escutem: criança não namora nem casa. PONTO. Mas quando ADULTOS, sim, MULHERES podem se casar com mulheres, HOMENS podem se casar com homens, assim como mulheres casam-se com homens. As pessoas podem se casar com qualquer outra, desde que tenham (idade para tal rs) amor e respeito. É isso que determina uma relação. E fim de papo. Agora vão BRINCAR!

Esse papo não rolou apenas uma vez. Vira e mexe o assunto volta à tona e lá vou eu explicar sobre a diversidade. E explicarei quantas vezes for necessário, mas também sem muito blá-blá, porque não tem muito o que explicar… É isso! (ah, e também falo que para uma pessoa ser feliz ela não precisa necessariamente estar casada. Mas isso é assunto para um próximo post…)

Recentemente, nos Estados Unidos, foi exibido um episódio de Doutora Brinquedos no Disney Channel (chamado The Emergency Plan) no qual existia uma família composta por duas mães. As vozes que dão vida às personagens são das atrizes Wanda Sykes e Portia de Rossi, assumidamente gays.

doutora brinquedos

Que maravilhoso, que bom que nossas crianças tenham a oportunidade de crescer assistindo a desenhos que representem todos os formatos de família. Ainda é o comecinho, mas tenho certeza que essa geração será muito mais empática do que a nossa!

E na sua casa, já rolou esse papo também? Como foi?