Desabafo

Insight ou paranoia?

Outro dia li em um grupo do Facebook uma mãe contando que estava ensinando seu filhinho de quase 4 anos a agir caso ela caísse dura no chão e não acordasse (moram apenas os dois no apartamento). Nos comentários deste relato tinham muitas mães dizendo que já ensinavam aos filhos a discar 190 no telefone ou outras formas de pedir socorro.

Eu nunca tinha parado pra pensar nisso, juro!

Photo via Visualhunt

Eu aposto que você tem ou já teve alguma paranoia (ou “insight”) em casa em relação aos filhos! /Photo via Visualhunt

Mas no dia seguinte que li este post, eu estava andando na rua debaixo de um sol muito forte e me abaixei para falar com meu filho, que estava no carrinho. Quando me levantei, deu uma tontura tão forte que até tive que parar um pouco pra me recuperar. E foi aí que pensei (segue meu “diálogo” comigo mesma):

Nossa, e se acontecesse alguma coisa comigo aqui, no meio da rua e eu demorasse pra acordar?
Bom, certo que vão pegar meu celular e ligar pra alguém.
Mas meu celular é bloqueado… tem senha!!
Ah, mas eles acham algum familiar através dos meus documentos.
Mas até aí o resgate já chegou (ESPERO!) e já estão me levando pro hospital. Duvido muito que coloquem meus filhos na ambulância junto. Devem chamar alguma assistente social, que irá levá-los para algum lugar até acharem algum responsável para buscá-los. Nesse tempo eu vou acordar e me desesperar por não saber do paradeiro deles. Eu não quero me separar dos meus filhos! Imaginem como vão ficar assustados, tadinhos??

Eu realmente não sei ainda se isso foi um insight ou uma paranoia!

Contei pra minha amiga e ela me chamou de louca (eu??? hahah)! E se minha mãe ler isso vai até ficar brava comigo. “Para de pensar besteira, Cátia!!” – tenho certeza que ela vai falar isso.

De uma coisa é certa: mãe é tudo louca mesmo, minha amiga não está tão errada, não! E eu aposto que você tem ou já teve alguma paranoia (ou “insight”) em casa em relação aos filhos. Conte para a mim, vai!

Deixe seu comentário!