Férias: exposição Brinquedoteka com o melhor da infância dos anos 80/ 90

Nossos filhos podem não acreditar, mas já fomos do tamanho deles e muitos dos brinquedos de hoje são da nossa época. Por isso, a exposição Brinquedoteka, no Shopping Metrô Boulevard Tatuapé, é uma ótima oportunidade para relembramos os brinquedos da nossa infância, e ao mesmo tempo passarmos momentos divertidos com os filhos.

A exposição, que começa no dia 2 de julho, é interativa e reúne alguns dos brinquedos que mais marcaram gerações, como Genius, Aquaplay, Futebol de Pinos, Cai-Não-Cai e Pula Pirata. Os brinquedos estarão expostos em escala ampliada, convidando o público de todas as idades a jogarem. No Pula Pirata, por exemplo, a réplica do jogo foi produzida com um barril em tamanho real. Já o mega Cai-Não-Cai da foto abaixo tem dois metros de altura, varetas com dois metros de comprimento cada uma e um nível de desafio ainda maior que o brinquedo original.

brinquedoteka_shopping tatuape

Além disso, imagine a emoção de jogar Super Mario Bros com seu filho e mostrar como eram os videogames de antigamente*? No evento estarão os mais desejados videogames do passado: o Atari, o Mega Drive, o Super Nintendo e o Master System, prontos para serem jogados em televisores de 32 polegadas.

(*hummm que sensação estranha chamar a “minha época” de “antigamente”…mas enfim, é o que é…)

Cada sessão tem a duração de 20 minutos, com capacidade de 20 participantes por sessão. A entrada é gratuita!

Serviço:

Brinquedoteka
Data: de 2 a 31 de julho de 2016.
Horário: diariamente das 12h às 20h.
Local: Shopping Metrô Boulevard Tatuapé, Praça de Eventos (Piso Térreo).
Rua Gonçalves Crespo, esquina com Rua Tuiuti (integrado à Estação Tatuapé do metrô).
Entrada gratuita.
Capacidade: 
20 participantes, por sessão.
Duração: 20 minutos, cada sessão.
Classificação: Livre*

*crianças menores de 10 anos devem estar acompanhadas dos pais ou por um adulto responsável.

Férias: Kids Park Fazendinha no Mooca Plaza Shopping

Para quem não vai viajar nessas férias, planejar programas legais para fazer com as crianças dá uma certa apreensão! Eu estou no mesmo barco… Então contem comigo, pois vou divulgar aqui no blog as atividades e os passeios mais bacanas que vão aparecendo!

fazendinha kids park

A dica de hoje vai para o espaço montado no Mooca Plaza Shopping, desde o dia 1º de junho, para as crianças de 2 a 9 anos. Com um cenário que remete à fazenda, o Kids Park Fazendinha conta com desafios, como o obstáculo para escalar e escorregar, João bobo, touro maluco e túnel especial. Já na Fazendinha Feliz o cenário possui jogos e mesinhas com desenhos de colorir, além de piscina de bolinhas, cama elástica e pula-pula para todas as idades.

Os menores de 02 anos devem estar acompanhados pelo responsável.

fazendinha kids park 2 fazendinha kids park 3

Serviço:

Kids Park Fazendinha
Local: Mooca Plaza Shopping
Av. Capitão Pacheco e Chaves, 313 – Mooca
Horário: de segunda a sábado das 10h às 22h e domingos e feriados das 12h às 21h.
Valor: R$16 por 15 minutos e R$8 por 15 minutos adicionais.

Saúde & Alimentação

Crises alérgicas e resfriados nas crianças: dicas para enfrentar o inverno com saúde

O inverno acabou de começar e eu já estou por aqui com ele! Aqui em casa as gripes e os resfriados estão de marcação cerrada com meus filhos e meu nível de estresse está lá no alto.

A minha filha de 2 anos tem rinite e, por conta dessa alergia, qualquer resfriadinho pode virar uma dor de cabeça! Para terem ideia, ela pegou uma gripinha que foi piorando aos poucos, chegou numa tosse braba, com peito chiando, até que a pediatra achou melhor fazer o tratamento com antibiótico, antes que virasse uma infecção respiratória mais séria. No penúltimo dia de antibiótico, depois de quase 10 dias, o que acontece? A filhota me volta pra casa com o nariz escorrendo, espirrando e saindo secreção pelo nariz. What??????? Tipo…mal guardei o inalador e já terei que tirar da caixa de novo!

Por trás de uma criança resfriada há sempre uma mãe cansada

Outono e inverno são as estações-pesadelo das mães! E dos pediatras! Hoje estava falando com a pediatra pelo WhatsApp e comentei: “não vejo a hora de terminar o inverno”. E ela: “nem me fale!” :/

Bom, paciência, agora é esperar a primavera chegar (isso só acontecerá em setembro affff) e tomar algumas atitudes que minimizem as crises alérgicas.

O Dr. Lucio Colamarino Cury, pediatra, alergista e imunologista, diretor da Clínica Pediátrica Santa Isabella, explica que a mudança de tempo pode causar inflamação na mucosa e em seus vasos sanguíneos, criando um edema que congestiona e acumula secreção, podendo levar à crise. “Com a oscilação de temperatura, qualquer pessoa pode apresentar sintomas respiratórios, mas são pacientes alérgicos os que mais sofrem. Por vezes, mesmo com a asma controlada, tomando todos os remédios corretamente e ficando longe de ácaro e pó, o peito pode chiar, por exemplo”.

© Mzagajewska | Dreamstime.com - Catarrh

© Mzagajewska | Dreamstime.com – Catarrh

Por isso, vale ficar atenta a algumas dicas do Dr. Lucio Colamarino Cury e da Dra. Sonia Liston, pediatra do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos:

>> Limpeza e ambientes arejados

Mesmo com esse frio, é importante arejar os cômodos da casa, deixando as janelas abertas para circulação de ar. Troque a roupa de cama 1 vez por semana e use capas de travesseiros antiácaros.

Na faxina, é recomendado utilizar aspirador de pó com filtro H.E.P.A., que filtra ácaros.

Aquele cobertor que estava guardado desde o inverno passado, assim como os casacos, devem ser lavados antes de usados.

>> Ar condicionado e aquecedor: evite

O ar condicionado é outro vilão, como afirma o alergista: “ele diminui a umidade do ar e, concomitantemente, resseca e inflama a mucosa da via aérea, assim como a secreção, que fica mais espessa e receptiva a vírus e bactérias, tornando-se um ótimo meio de cultura para predispor infecções”.

>> Não tomar friagem

Não é só papo de mãe, não. É importante tentar evitar as mudanças de temperaturas – principalmente aquelas que sofremos quando saímos de um ambiente quente para um frio, ou vice-versa.

>> Higiene

A Dra. Sonia Liston, pediatra do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, lembra de procedimentos simples do dia a dia, mas que fazem toda a diferença: “É fundamental a hidratação das mucosas nasais com soro fisiológico e a limpeza das mãos com álcool gel, água e sabão depois de tossir ou espirrar, após usar o banheiro, antes de comer e de tocar os olhos, boca e nariz”.

>> Evitar aglomerações

De acordo com Sonia Liston, os vilões da saúde muitas vezes são os lugares mais frequentados pela população, de uma maneira geral, como shoppings centers e supermercados. Além dos transportes públicos e outros locais onde há um grande aglomerado de pessoas