Planejar a viagem

Enoturismo: viagem pelos parreirais do Brasil

Você sabia que o verão é a época ideal para fazer uma viagem de enoturismo?

Quando a gente pensa em viagem + vinho lembra logo de roteiros de inverno, lareira, queijos e um foundue, não é mesmo? Mas uma das épocas mais importantes para os produtores de vinho é agora, no início do ano! 

Estamos na época da vindima, que é a colheita das uvas nas vinícolas. Em geral, as colheitas se estendem até o mês de março. Ou seja, espere por programações bem especiais nas vinícolas, como colheitas nos parreirais, pisa da uva e, claro, muita degustação! 

Ah, e não pense que vinícola é passeio só de adulto, tá? Em muitos lugares dá para levar as crianças tranquilamente (em algumas vinícolas há, inclusive, suco de uva para os pequenos “degustarem” 😉

Separei algumas das regiões e vinícolas mais procuradas nesta época.

Serra Gaúcha

É a mais importante região produtora de vinho do Brasil. Miolo, Casa Valduga e Salton são algumas das maiores e mais conhecidas do Vale dos Vinhedos, mas a variedade é imensa –  são mais de 500 vinícolas na localidade! De acordo com o Instituto Brasileiro do Vinho, o Estado gaúcho é responsável por 90% da produção nacional!

Em Bento Gonçalves existe a Estação Vindima nos meses de janeiro, fevereiro e março, um evento que já entrou para o calendário oficial de eventos turísticos do Rio Grande do Sul. A programação é variada e conta com atrações que valorizam a cultura e tradição da colheita das uvas. 

Em Caxias do Sul, o hotel Blue Tree apoia o projeto “Venha fazer o seu vinho com arte”, desenvolvido pela agência receptiva Arte do Turismo.  O visitante tem a possibilidade de colher as uvas, degustar e colaborar no processo de esmagar a fruta. Também durante o passeio, o turista visitará os principais pontos turísticos da cidade. 

O roteiro também tem paradas na Igreja São Pelegrino, Casa de Pedra e Parque da Festa da Uva. Além de um almoço na Cantina Tonet, com cardápio de comida típica italiana, vinho colonial e sobremesa. 

O ingresso para o passeio, que acontece sob consulta e disponibilidade, pode ser adquirido na recepção do Blue Tree Towers Caxias do Sul e sai no valor de R$ 180 por pessoa (promoção válida somente para grupos de no mínimo cinco visitantes. Os hóspedes têm condições especiais para famílias a partir de três pessoas). 

O Blue Tree Caxias do Sul está localizado no coração da Serra Gaúcha e conta com piscina coberta e aquecida, sauna seca, fitness center e lobby bar.

Clique aqui para fazer sua reserva no Blue Tree Caxias do Sul

Hospedagem dentro de uma barrica de vinho

Imagine se hospedar em um chalé dentro de uma barrica de vinho? Essa é a proposta da Pousada Parada da Pipa Chalés. Em meio a 3 mil metros de muita natureza, a pousada fica em Canela (RS) e oferece acomodação em chalés montados dentro de barricas que guardaram vinho por mais de 60 anos. Cada unidade leva o nome do último vinho produzido naquela barrica, e todos os chalés possuem varanda térrea com vista do jardim, cozinha compacta equipada e banheiro privativo com chuveiro. Crianças não são aceitas nessa acomodação, então fica a dica para quem estiver procurando por viagens a dois <3.

Clique para fazer sua reserva na Pousada Parada da Pipa Chalés

São Roque (SP)

A 60 km de São Paulo, a cidade de São Roque também é conhecida como a “Terra do Vinho”. Você vai descobrir a Rota do Vinho, que inclui 3 estradas e é formada por mais de 30 estabelecimentos, entre vinícolas, restaurantes e lojas.

A Estrada do Vinho possui 10 km e é a mais importante e conhecida estrada da Rota do Vinho – é lá onde fica a Quinta do Olivardo e Vinícola Góes, as produtoras mais conhecidas da região. Ambas também promovem seus eventos para celebrar a safra das uvas. 

Em 2020 estivemos na Pisa da Uva na Quinta do Olivardo e mostramos como foi feita a colheita das uvas, seguida pela tradicional pisa em um processo manual que separa as uvas da casca do sumo e da semente. 

São Roque: como é a Pisa da Uva na Quinta do Olivardo

Também em São Roque, a Vinícola Góes recebe os fãs de vinhos em um passeio guiado pelos parreirais, que estão em plena safra. Durante o trajeto, os turistas participam de uma degustação guiada de vinhos e espumantes, produzidos pela tradicional vinícola paulista.

Os participantes também ganham uma taça personalizada e voucher de R$10 revertido para as compras na loja acima de R$50. O passeio tem vagas limitadas a no máximo 14 pessoas por saída e segue todas as normas de segurança, como o uso de máscaras obrigatório, álcool em gel e distanciamento social.

Crianças são bem vindas neste tour pelos parreirais da Vinícola Góes (que também rende fotos maravilhosas) e terão o suco de uva como opção. Até 12 anos pagam meia entrada e acima de 12 anos, pagam inteira, R$ 65. O tour acontece aos sábados e domingos, às 11h e às 12h30. Informações: WhatsApp: (11) 99787-0588 / Telefone: (11) 4711-3500.

Resort com crianças: Nossa experiência no Vila Rossa, em São Roque

Veja mais hotéis em São Roque:



Booking.com

E para quem quer ir mais longe e visitar as melhores vinícolas da América do Sul em plena época da vindima, a dica são os nossos países vizinhos. Prometo que sai uma matéria assim que a pandemia nos der uma trégua 😉

Teodoro comendo uvas do pé na Bodega Bouza, em Montevidéu

Leia a matéria que fiz para Catraca Livre Viagem visitando uma vinícola no Uruguai com crianças

Deixe seu comentário!